Início » Vida » Comportamento » Uma em cada cinco universitárias dos EUA sofreu abuso sexual no campus
Nos últimos quatro anos

Uma em cada cinco universitárias dos EUA sofreu abuso sexual no campus

Pesquisa do 'Washington Post' mostra que a violência sexual está profundamente ligada à cultura dos campi universitários americanos

Uma em cada cinco universitárias dos EUA sofreu abuso sexual no campus
Violência sexual nas universidades raramente é denunciada (Foto: Flickr)

Uma pesquisa feita pelo jornal Washington Post, em parceria com a fundação de pesquisa Kaiser Family, revelou que 25% das americanas que frequentaram universidade nos últimos quatro anos sofreram algum tipo de violência sexual.

Segundo o estudo, esse percentual pode ser bem maior. Muitas estudantes resistiram a ataques, outras foram abusadas quando estavam inconscientes. Algumas relataram que foram obrigadas a fazer sexo por meio de ameaças ou promessas.

A pesquisa revela que a violência sexual está profundamente ligada à cultura dos campi universitários dos EUA. Entre os fatores de risco está o álcool. Dois terços das entrevistadas afirmaram ter sofrido a violência pouco após ingerir bebida alcoólica. Outros fatores são os relacionamentos passageiros com colegas e a presença das chamadas fraternidades e irmandades universitárias nos campi.

As conclusões mostram a dificuldade enfrentada pelas universidades dos EUA para impedir o avanço desse tipo de violência, que raramente é denunciada. Os poucos casos que são, acabam engavetados pelo reitor ou viram um interminável tema de debate na Justiça para saber se o ato foi ou não consensual.

Fontes:
The Washington Post-1 in 5 college women say they were violated

1 Opinião

  1. Ludwig Von Drake disse:

    Ora, se todos estão drogados ou bêbedos numa orgia em que a roupa ficou pendurada em um cabide, é muito difícil distinguir dolo ou culpa e afirmar quem é agressor e quem é vítima.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *