Início » Internacional » Uma encruzilhada na estrada digital
Tecnologia da informação

Uma encruzilhada na estrada digital

Resultados baixos prenunciam uma reestruturação do setor

Uma encruzilhada na estrada digital
Setores que incluem hardware, software empresarial e serviços de TI vêm crescendo devagar (Reprodução/Internet)

Imagine se a Apple tivesse, de fato, falido nos anos 90, como na época alguns previam. Talvez hoje em dia nós tivéssemos muito mais problemas com download de músicas, smartphones fossem raros, e tablets medissem cinco centímetros de grossura. Mas uma coisa em particular seria diferente com certeza: o setor de tecnologia da informação não teria hoje a sua líder principal.

Graças a um número recorde de vendas da última versão do iPhone, em 20 de outubro a Apple surpreendeu analistas ao revelar excelentes resultados trimestrais. E foi praticamente a única entre as grandes empresas de tecnologia a ter resultados assim. Nas últimas semanas, os lucros vem caindo para a Google, IBM, SAP e VMWare. Isso sinaliza o início de uma queda na indústria tecnológica?

O principal culpado, diz Sebastian DiGrande, do grupo de consultoria Boston Consulting Group, é o ritmo acelerado de amadurecimento da indústria, com um crescimento anual de apenas 3%. Embora alguns setores, como computação nas nuvems e dispositivos móveis, estejam em expansão, os setores maiores, que incluem hardware, software empresarial, e serviços de TI, vem crescendo devagar e, em alguns casos, até diminuindo. Além de serem dominados pelas grandes firmas, como HP e IBM.

Essa ‘bifurcação’, nas palavras de DiGrande, deve levar a uma grande reestruturação da indústria. A decisão recente da HP de se dividir foi só o início. Outras empresas também estão tentando se tornar mais especializadas. Outras vão se livrar dos negócios que se tornaram comoditizados; junto com seus resultados trimestrais, a IBM anunciou que vai pagar a fabricante de chips Globalfoundries para tirar de suas mãos seu negócio de produção de semicondutores. Outras, ainda, vão tentar comprar empresas nos setores que estão crescendo mais; no mês passado a SAP comprou a Concur, que fornece software online de gerência de viagens e finanças, por 8,3 bilhões de dólares.

Esses resultados desapontantes são mais um prenúncio de uma reestruturação completa da indústria de TI. Onde o setor estará no fim desse processo, ninguém sabe dizer.

Fontes:
The Economist-A fork in the digital road

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *