Início » Cultura » União Européia cria regras absurdas
Exagero

União Européia cria regras absurdas

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A forma de administração determinada pela União Européia, na qual os 27 países-membros delegam parte de seu poder em questões de interesse comum à Comissão Européia, funciona bem, mas vem apresentando um excesso de burocracia satirizado pelos europeus.

A União Européia procura garantir padrões únicos de higiene, saúde e segurança aos cidadãos europeus, quase meio bilhão de pessoas. No entanto, acaba pecando por ser zelosa demais: 18 mil leis criadas por 40 mil funcionários do governo definem desde os tipos de pepino (classificados pelo tamanho) até o nível de ruído ao qual um músico de orquestra pode ser exposto durante um concerto. 

Em função disso, surgiu em meio aos europeus a expressão "euromitos", para satirizar os burocratas de Bruxelas – onde fica a sede da Comissão Européia. Eles fazem piadas diante da quantidade de leis inúteis e excessivamente detalhadas, e os tablóides ingleses publicam esses "euromitos" quase mensalmente.

 

Fontes:
Veja - Sociedade - Regras, regras e mais regras

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. EDVALDOTAVARES disse:

    A DIFÍCIL UNIFORMIZAÇÃO DE UM BLOCO. A União Européia apesar dos vários anos de experiência, ao lado de inúmeros avanços, ainda empaca diante de divergências e imposição de regras absurdas. A tomada de conhecimento sobre os descompassos que entravam a conquista de maior coesão dos países europeus que compõem o bloco, é animadora. A sonhada união em um bloco de países sulamericanos que participam do Mercosul, e os percalços que ainda dificultam a participação da Venezuela, não escapam das mesmas dificuldades. A Venezuela, é um importante parceiro que não pode ficar de fora, mesmo apresentando desagradáveis intercorrências políticas. O BRASIL, seu idealizador, que sempre demonstrou interesse na sua formação e consolidação, está certo em persistir na existência e, pacientemente, incentivar um maior envolvimento dos países-membros. Como se pode ver, inúmeras leis inúteis são criadas na UE, chegando ao ponto de estimular a satirização. O Mercosul, uma comunidade constituída de países com recursos, dimensões territoriais, história e costumes diferentes, não fica imune as mesmas dificuldades que a UE passou e ainda continuará passando. O BRASIL, apesar de ser o maior e mais populoso pais do continente sulamericano e a maior economia regional, é diferente dos demais pela sua origem colonial, língua falada, população e cultura, portanto, é uma exceção. O BRASIL, como grande Nação que é, acerta ao insistir e ser paciente objetivando alcançar a união de todos os países do continente meridional em um bloco uníssono e focado nos mesmos grandiosos objetivos. "BRASIL ACIMA DE TUDO". EDVALDOTAVARES. MÉDICO. BRASÍLIA/DF.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *