Início » Internacional » União Europeia pode eliminar horário de verão
EUROPA

União Europeia pode eliminar horário de verão

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, quer acabar com o ritual do horário de verão

União Europeia pode eliminar horário de verão
Votação deve ocorrer na última semana de março (Foto: Pixabay)

O Parlamento Europeu votará a eliminação do horário obrigatório verão em toda a União Europeia, em um movimento que poderia levar o continente a encerrar suas mudanças semestrais.

O presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, disse no ano passado que queria descartar as regras. Dessa forma, os países da UE não precisariam mudar os relógios em março e outubro.

O comitê de Transporte e Turismo do Parlamento tornou-se o mais recente órgão da UE a endossar a proposta em um relatório divulgado nesta última semana, abrindo caminho para que os parlamentares realizem uma votação sobre o assunto.

Fontes da UE disseram ao Independent que a questão provavelmente será submetida à votação de todos os eurodeputados de todo o bloco na última semana de março.

De acordo com as propostas a serem votadas, a UE deixaria de exigir a mudança do relógio e deixaria a escolha para os Estados-membros. O comitê recomendou que a mudança fosse promulgada a partir de 2021, depois do planejado originalmente.

No entanto, na prática, os Estados-membros ainda deveriam coordenar os fusos horários entre si para simplificar – e a expectativa é que eles se afastem do horário de verão.

Uma consulta da Comissão Europeia recebeu respostas de 510 milhões de cidadãos, com 84% se posicionando contra a prática atual de mudar os relógios. Três milhões das respostas foram da Alemanha.

Se os deputados apoiarem o plano na votação no final deste mês, terão de entrar em negociações com os Estados-membros, que ainda estão divididos sobre o assunto. Os Estados-membros que querem manter as regras antigas incluem o Reino Unido, a Grécia e Portugal, enquanto a França, a Dinamarca e os Países Baixos estão entre os indecisos. A maioria dos outros Estados-membros, principalmente a Alemanha, confirma a mudança.

Espera-se que o Reino Unido siga as regras da UE até, pelo menos, 2021 e, possivelmente, mais tarde, sob o acordo de retirada negociado pela primeira-ministra britânica, Theresa May. As propostas para eliminar ou alterar o horário de verão ocasionalmente surgiram no Reino Unido, mas nunca chegaram a ser concretizadas.

A questão das mudanças do relógio pode tornar-se uma questão emocional. Isso porque todos os lados mostram preocupação com as crianças indo ou voltando da escola no escuro, uma mudança drástica nas taxas de acidentes rodoviários, ou o aumento ou redução no consumo de energia elétrica pelas famílias europeias.

Fontes:
Independent-EU parliament to vote on scrapping daylight savings time rule this month

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *