Início » Internacional » URSS reconhece a independência da Lituânia, Letônia e Estônia
NESTA DATA

URSS reconhece a independência da Lituânia, Letônia e Estônia

Em 6 de setembro de 1991, a URSS reconhece a independência da Estônia, Letônia e Lituânia

URSS reconhece a independência da Lituânia, Letônia e Estônia
As três repúblicas bálticas recuperaram a independência depois de 51 anos de uma anexação baseada num acordo secreto (Foto:Wikimedia)

O Conselho de Estado da União Soviética, numa decisão histórica, reconheceu a total e imediata independência das três repúblicas do mar Báltico – Lituânia, Letônia e Estônia, colocando um fim nos 51 anos de anexação forçada, no dia 6 de setembro de 1991.

A independência foi a primeira decisão do Conselho de Estado criado pelo parlamento quando foi estabelecido a nova estrutura transitória do poder na União Soviética. O Conselho deliberou também formar três comissões para discutir com representantes das três repúblicas os detalhes do processo de independência.

As três repúblicas bálticas recuperaram a independência depois de 51 anos de uma anexação baseada num acordo secreto entre os dois maiores vilões da história do século XX: Hitler e Stalin. Dez dias antes da Segunda Guerra Mundial, os chanceleres alemães Ribbentrop e o soviético Moltov assinavam o Pacto Germano Soviético, um tratado de não agressão que entregava a Polônia à Alemanha e os países bálticos à União Soviética.

Em 1º de setembro de 1939, o exército alemão invadia a Polônia, o que deu início a Segunda Guerra Mundial. Um ano depois, Stalin anexava por decreto a Estônia, a Letônia e a Lituânia. Terminava assim um curto período de 22 anos de independência iniciado no fim da Primeira Guerra Mundial.

Os líderes soviéticos Nikita Kruschev e Mikhail Gorbachev denunciaram o terror stalinista. O Congresso dos Deputados do Povo, em maio de 1989, rejeitou o pacto, até então negado pelos dirigentes do Kremlin. A investigação, chefiada por Alexander Yakovlev, serviu de base jurídica para a independência das repúblicas bálticas, marcadas por uma história de lutas e invasões.

Fontes:
JBlog- 1991 - União Soviética reconhece a independência das três repúblicas do mar Báltico
Folha de S.Paulo-O fim da União das Repúblicas Socialistas Soviéticas

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *