Início » Internacional » Vacina contra a malária poderá existir a partir de 2015
Imunidade

Vacina contra a malária poderá existir a partir de 2015

Experimentos realizados com uma nova droga revelaram resultados promissores

Vacina contra a malária poderá existir a partir de 2015
A vacina vem sendo desenvolvida pela GlaxoSmithKline em parceria com a organização sem fins lucrativos Malaria Vaccine Initiative (Reprodução/HO/Reuters)

A primeira vacina do mundo contra a malária pode começar a existir já a partir de 2015, uma vez que, experimentos realizados com uma nova droga, revelaram resultados promissores.

Em um estudo publicado na revista cientifica PLoS Medicine, pesquisadores relataram que para cada mil crianças que receberam a vacina, 800 casos da doença podem ter sido evitados. Além disso, a proteção permaneceu por 18 meses após a injeção.

“Este é um marco”, disse Sanjeev Krishna, professor de parasitologia molecular e medicina na Universidade de Londres. Contudo é necessário “manter um olhar atento para os eventos contrários”; o cenário de desenvolvimento da vacina da malária está repleta de cadáveres, acrescenta Krishna.

No último experimento realizado em vários países africanos, 1.500 crianças e bebês receberam a vacina. Após 18 meses, o imunizante conhecido como RTS,S conseguiu diminuir quase pela metade o número de casos de malária em bebês e crianças pequenas e cerca de 25% em recém-nascidos.

Apesar dos riscos, tudo indica que a vacina será aprovada no próximo ano, conforme o Krishna. Atualmente, os cientistas estão investigando se um reforço poderia ampliar as chances de sucesso.

Para o professor Brian Greenwood, que esteve envolvido com os experimentos, ter uma vacina contra a malária, representa um grande progresso: Apesar de não proporcionar uma proteção completa, (a descoberta) terá um impacto real para as áreas onde a malária é comum, informou a BBC.

A vacina vem sendo desenvolvida pela farmacêutica  GlaxoSmithKline (GSK) em parceria com a organização sem fins lucrativos Path Malaria Vaccine Initiative (MVI). A GSK já pediu aprovação regulatória para a fabricação.

 

 

Fontes:
Extra-Vacina contra a malária pode começar a existir no próximo ano

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *