Início » Internacional » Venezuela é suspensa do Mercosul, afirmam agências
PERDA DOS DIREITOS

Venezuela é suspensa do Mercosul, afirmam agências

Governo venezuelano será comunicado por nota oficial ainda nesta sexta

Venezuela é suspensa do Mercosul, afirmam agências
Venezuela completou nesta quinta quatro anos de adesão ao Mercosul (Fonte: Reprodução/Kremlin)

Agências de notícias informaram nesta quinta-feira, 1º, que a Venezuela foi suspensa do Mercosul por não cumprir acordos e tratados do protocolo de adesão ao bloco.

A assessoria de imprensa do Itamaraty não quis comentar o caso. De acordo com a Reuters e a AFP, o governo venezuelano será comunicado por nota oficial ainda nesta sexta-feira, 2, e perderá todos os direitos de participação no Mercosul.

O jornal O Globo afirmou que a nota que comunica a perda dos direitos da Venezuela já foi assinada pelos ministros das Relações Exteriores do Brasil, Paraguai, Argentina e Uruguai.

A suspensão da Venezuela do Mercosul é por tempo indeterminado e já estava prevista há alguns dias. A decisão final, no entanto, foi tomada em uma reunião de negociadores do Mercosul nesta quinta. Para retornar ao bloco, o país provavelmente terá que renegociar todo o seu protocolo de adesão.

A Venezuela completou nesta quinta quatro anos de adesão ao Mercosul, alcançando o prazo máximo dado pelos outros países membros para que cumprisse todas as normas de adesão.

Entre os tratados não cumpridos pela Venezuela está o protocolo de compromisso com a promoção e proteção dos direitos humanos. O governo venezuelano argumenta que algumas regras do Mercosul ferem a legislação do país, que descumpriu principalmente os prazos de adesão relativos a questões econômicas.

Fontes:
G1 - Mercosul suspende Venezuela por não cumprir normas do bloco, dizem agências

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *