Início » Internacional » Venezuela expulsa dirigentes do Human Rights Watch
Direitos humanos

Venezuela expulsa dirigentes do Human Rights Watch

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Sob a argumentação de que a Organização Não-Governamental Human Rights Watch (HRW) teria "violentado a Constituição e as leis da Venezuela, e agredido as instituições da democracia venezuelana", o governo de Hugo Chávez expulsou seus dirigentes do país.

Pouco depois da divulgação de um informe da organização contendo críticas ao governo do presidente Hugo Chávez, tiveram que deixar o país o diretor latino-americano José Miguel Vivanco e o subdiretor do HRW e assistente de Vivanco, o norte-americano Daniel Wilkinson.

Através de comunicado, o governo notificou os dois representantes do HRW sobre "a obrigação de abandonar de maneira imediata a pátria do libertador Simon Bolívar".

Fontes:
G1 - Venezuela expulsa dirigentes de ONG ligada aos direitos humanos

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *