Início » Internacional » Venezuelanos comemoram ‘posse’ de Chávez
Venezuela

Venezuelanos comemoram ‘posse’ de Chávez

Dia foi marcado por comemorações nas ruas e cerimônia contou com a presença de presidentes latino-americanos

Venezuelanos comemoram ‘posse’ de Chávez
Chavistas se reúnem em frente ao Palácio Miraflores (Reprodução/AFP)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Mesmo sem contar com a presença de Hugo Chávez, o dia da posse do presidente venezuelano foi marcado por uma grande concentração popular em frente ao Palácio Miraflores, sede do governo.

Leia também: Supremo da Venezuela diz que adiamento da posse de Chávez é legal
Leia também: Sem Chávez na posse, crise política se agrava

Nesta quinta-feira, 10, milhares de pessoas e alguns líderes latino-americanos compareceram à cerimônia que marcou o fim da controvérsia constitucional entre governo e oposição sobre a posse de Chávez. O Tribunal Supremo de Justiça (TSJ) da Venezuela julgou que Chávez não deve ser susbtituído, decisão acatada pelo líder da oposição, Henrique Capriles.

“É um dia histórico, porque começa o mandato do presidente Chávez 2013-2019”, comemorou o vice-presidente, Nicolás Maduro. Além da população, estavam presentes José Mujica, presidente do Uruguai, Evo Morales, presidente da Bolívia, e Daniel Ortega, presidente da Nicarágua.

Com a decisão do TSJ, Maduro seguirá exercendo a presidência com os poderes tranferidos por Chávez há um mês. Chávez, que está hospitalizado em Cuba, conta com uma permissão ilimitada da Assembleia Nacional, de maioria governista, para se ausentar do país “por todo o tempo que precisar para cuidar de sua doença”.

Embora tenha afirmado que a decisão do TSJ era uma “resposta a um interesse político”, Capriles resolveu aceitar a decisão e descartou a hipótese de convocar a oposição às ruas em uma manifestação paralela. “Não estamos aqui buscando nenhum confronto nem colocando os venezuelanos para brigar uns com os outros”, disse Capriles, acrescentando que seu principal objetivo é “ter um país melhor”.

Fontes:
G1-Sem o líder, milhares lançam novo mandato de Chávez na Venezuela

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. olbe disse:

    Esta tudo errado, como “COMEMORAM A POSSE?”e a America latina bate palma e o mundo se cala!!!!!Pena que não haja uma oposição vigorosa na Venezuela. Hugo Chavez colocou seus parentes e fez o povo ficar submisso. A mesma história se repete na história dos ditadores. Quem é contra se cala para não sofrer ou morrer…o povo não tem liberdade pra falar na Venezuela e os ignorantes batem palmas…Como é possível que ninguém tenha visto no hospital Hugo Chavez? Se não mostram é pq com certeza deve estar sem conseguir se comunicar. Dizem que tomou tantas drogas para aguentar a campanha eleitoral que agora na cirurgia atacou os pulmões. Foi se tratar em CUBA ,um dos poucos lugares do mundo que a saúde de um Presidente de outro pais é guardada em absoluto segredo…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *