Início » Vida » Ciência » Vermes cabeça de martelo invadem a França
CIÊNCIA

Vermes cabeça de martelo invadem a França

Cientistas não tinham notado a presença dos vermes, que vêm infestando jardins franceses desde 1999

Vermes cabeça de martelo invadem a França
Verme cabeça de martelo 'Diversibipalium multilineatum' (Foto: Pierre Gros CC-BY 4.0)

Vermes grandes com cabeça em forma de martelo são nativos da Ásia e se dão bem em climas quentes. Por isso, quando o biólogo francês Jean-Lou Justine, professor do Museu Nacional de História Natural em Paris, recebeu uma foto de um verme desses em um jardim na França, ele achou que se tratava de uma piada. A foto foi enviada por Pierre Gros, um naturalista amador, que mandou mais duas fotos com outras duas espécies diferentes.

Gros e Justine se encontraram e escreveram um artigo sobre os predadores que foi publicado no jornal científico PerrJ. Em duas décadas, várias espécies desses vermes vieram para França. Biólogos sabem que vermes menores, que comem escargot, chegaram ao país. Mas até recentemente, Justine, que é especialista em parasitas e minhocas chamadas nematoides, não tinha ideia da dimensão da invasão de vermes cabeça de martelo na França.

Justine e seus colegas, então, pediram ao público em geral para enviar imagens de grandes vermes com cabeças largas. Várias fotos chegaram em seus e-mails. A imagem mais velha era de um vídeo caseiro de 1999. A família guardou o VHS porque achou as criaturas muito bizarras. No total, os cidadãos fizeram 111 observações de grandes vermes entre 1999 e 2017. A maioria ocorreu no sul da França.

A maior parte dos vermes atinge indiretamente os humanos. O entomólogo Archie Murchie, que não participou do estudo, pesquisou como os vermes invasores da Nova Zelândia comiam minhocas na Irlanda e na Escócia, afetando a agricultura. Não está claro como os vermes cabeça de martelo afetaram a biodiversidade francesa, mas as criaturas são “predadores perigosos” para bichos do solo, o que preocupa os biólogos.

“Isso é a França, era para ser um país desenvolvido. Nós temos vários cientistas, temos universidades em todos os lugares. Nós temos provas científicas de cidadãos cientistas de que eles estão infestando os jardins anos após anos”, disse Justine. Mesmo assim os vermes passaram despercebidos até agora.

Fontes:
The Washington Post-Giant predatory worms invaded France, but scientists just noticed them

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Rogerio Faria disse:

    No Brasil fomos invadidos por vermes cabeça de camarão…
    É só ver os candidatos para as eleições de 2018.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *