Início » Internacional » Vírus da gripe suína na Índia pode ter evoluído para forma mais perigosa
mutação

Vírus da gripe suína na Índia pode ter evoluído para forma mais perigosa

Pesquisadores do MIT analisaram duas cepas do vírus da gripe suína no país e afirmaram que a doença pode ter evoluído para uma forma mais agressiva

Vírus da gripe suína na Índia pode ter evoluído para forma mais perigosa
Autoridades indianas acreditam que a amostra utilizada pelos americanos é insuficiente para comprovar a mutação (Foto: Reprodução/Internet)

Amostras da atual epidemia de gripe suína na Índia, que tem mais de 1500 casos de morte, sugerem que o vírus sofreu uma mutação para uma forma mais perigosa, segundo especialistas do Massachusetts Institute of Technology (MIT).

A descoberta, publicada neste mês no jornal Cell Host and Microbe, difere das declarações das autoridades de saúde indianas, de que o vírus H1N1, responsável pelo surto, é o mesmo de 2009.

Nas últimas semanas, os casos de gripe suína aumentaram na Índia. Muitos indianos saem às ruas usando máscaras de proteção e os órgãos de saúde pública têm incentivado campanhas pela higienização das mãos e outras medidas preventivas. Agentes de saúde do estado de Haryana, norte do país, sugeriram que se evite o aperto de mão como cumprimento e se use o “namastê”, onde não há contato físico entre os indivíduos.

Na região oeste, mais afetada pela epidemia, mais de 300 pessoas já morreram. Lá foram proibidas reuniões públicas de mais de cinco pessoas. Casamentos e funerais estão permitidos, mas as pessoas são aconselhadas a usar máscaras.

Discordâncias quanto à mutação

Os pesquisadores do MIT, utilizaram informações de bancos de dados públicos sobre a gripe e analisaram duas amostras da Índia. O estudo mostrou novas mutações na proteína conhecida por tornar o vírus mais contagioso.

“O ponto que estamos tentando mostrar é que há uma necessidade real de vigilância agressiva para evitar que a ansiedade e a histeria atrapalhem as pessoas e que elas sejam capazes de se concentrar no que eles realmente precisam se preocupar. O objetivo é obter uma imagem mais clara das cepas que estão circulando e, portanto, antecipar o tipo certo de uma estratégia de vacinação para 2016”, disse coautor do estudo, Ram Sasisekharan, em um comunicado à imprensa.

Porém, os analistas indianos dizem não haver evidência de que o vírus tenha se modificado, segundo o secretário-geral da Associação Médica da Índia, Narendra Saini. Autoridades de saúde do país disseram que a epidemia de gripe está sendo monitorada pelo Instituto Nacional de Virologia e pelo Centro Nacional de Controle de Doenças. A Índia faz relatórios da situação para a o Sistema de Vigilância Global de Gripes da Organização Mundial da Saúde.

Fontes:
Washington Post-Study: India’s swine flu virus may have mutated into more dangerous strain

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *