Início » Internacional » Vladimir Putin sai em defesa de Donald Trump
CRÍTICAS A WASHINGTON

Vladimir Putin sai em defesa de Donald Trump

Presidente russo acusa establishment político de Washington de pôr em risco a segurança e a economia dos EUA com suas críticas a Trump

Vladimir Putin sai em defesa de Donald Trump
Segundo Putin, ‘forças poderosas’ tentam minar as conquistas obtidas em Helsinque (Foto: kremlin.ru)

O presidente da Rússia, Vladimir Putin, acusou o establishment político dos Estados Unidos de pôr em risco a economia americana, a segurança nacional e a relação com países aliados com suas críticas a Donald Trump.

A declaração foi dada nesta quinta-feira, 19, em um encontro anual de Putin com representantes da esfera diplomática da Rússia. “Precisamos de uma agenda diferente, positiva. […] Não importa que diferenças tenhamos, o primeiro passo foi dado”, disse Putin.

Foi a primeira vez que Putin falou sobre a reunião com Trump, ocorrida na última segunda-feira, 16, em Helsinque, capital da Finlândia.

O presidente russo disse que a conversa com Trump teve “resultados positivos”, embora não tenha detalhado o que foi discutido durante as quase duas horas de conversa a portas fechadas com Trump.

Trump foi alvo de uma onda de críticas por parte de opositores e aliados por sua conduta no encontro com Putin. A principal delas foi o fato de o presidente americano aparentar se alinhar mais a Putin do que às avaliações das agências de inteligência dos EUA em relação ao caso da interferência russa nas eleições de 2016.

Na avaliação de Putin, há o que ele chamou de “forças poderosas” nos EUA que estão tentando desmantelar as conquistas obtidas em Helsinque.

Segundo declarou o presidente russo, tais forças “estão prontas para sacrificar a relação entre EUA e Rússia em prol de seus interesses políticos internos, prontas para sacrificar a economia com o que pode afetar dezenas de milhares de empregos”.  “Estão prontas para sacrificar seus aliados na Europa, sua própria segurança”, disse Putin.

Putin disse ainda que a política externa russa não tem como foco causar problemas, mas sim criar condições para o desenvolvimento sustentável do país e a busca por soluções pragmáticas.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *