Início » Cultura » Esportes » Zico considera se candidatar à presidência da Fifa
Crise no futebol

Zico considera se candidatar à presidência da Fifa

Ex-jogador usou o Facebook para expressar seu desejo de assumir a vaga do suíço Joseph Blatter

Zico considera se candidatar à presidência da Fifa
O craque do Flamengo admitiu que ainda não tem apoio para lançar sua candidatura (Foto: Flickr)

O ex-craque do futebol brasileiro Zico expressou o desejo de concorrer à presidência da FIFA após a renúncia de Joseph Blatter na terça-feira, 2.

Blatter abalou o mundo do futebol ao anunciar sua renúncia um dia depois de ser reeleito para um quinto mandato no comando da organização mais poderosa do futebol mundial. A decisão de Blatter teve como estopim uma investigação de corrupção do FBI em que ele é considerado um suspeito.

Leia também:Fifa estreia filme que exalta Blatter
Leia também: Dos dirigentes da Fifa indiciados pelo FBI até agora, apenas um não é latino-americano

Zico, de 62 anos, jogou três Copas do Mundo, serviu como ministro dos Esportes do Brasil na década de 1990 e tem décadas de experiência em todos os níveis do esporte, incluindo como técnico no Japão, Turquia, Rússia, Grécia e no Oriente Médio.

“Por que não?” perguntou ele em um post no Facebook. “Minha vida sempre foi no futebol. É uma paixão que eu tenho servido com seriedade e respeito no Brasil e em outros países. Fui ministro dos Esportes, tenho experiência no meu clube e em ajudar o Kashima no Japão. Eu coloquei o futebol acima da política.”

Zico, que levou o Flamengo para a Copa Intercontinental em 1981 e atuou na seleção nas Copas do Mundo de 1978, 1982 e 1986, admitiu que ainda não tem apoio para lançar sua candidatura, mas disse que pretende acompanhar como essa ideia evolui.

“Eu não tenho nenhum apoio ainda, mas se a vaga está aberta, então eu posso concorrer (para presidente) da FIFA. É apenas uma ideia por enquanto… Mas quem sabe?”

Outros pretendentes

Zico não é o único de olho no cargo. O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, disse na terça-feira, 2, que o ex-jogador argentino Diego Maradona deveria se candidatar.

“O presidente da federação internacional de futebol deveria ser Diego Armando Maradona ou alguém do tipo”, disse Maduro durante seu discurso semanal televisionado. “Diego Armando Maradona denuncia a Fifa há anos, eles o ameaçaram e eles riram dele”, acrescentou.

Maradona é abertamente crítico a Blatter e, nas últimas eleições, deu apoio ao príncipe jordaniano Ali Bin al-Hussein.

Enquanto Zico e Maradona são apostas improváveis no curto prazo, Hussein está entre os favoritos para assumir o cargo no lugar de Blatter. Outros dois candidatos com chances de assumir a vaga são o empresário sul-corano Chung Mong-Joon, uma das figuras mais influentes do futebol asiático que já foi vice-presidente da Fifa, e o atual presidente da Uefa, Michel Platini.

Fontes:
The New York Times - Zico considering Fifa presidency bid

2 Opiniões

  1. newton disse:

    Boa noite, a ideia de um humilde apaixonado pela o futebol Zico você tem credencial ate de mais só falta vontade, você e o Michel teriam tudo para reinventar o futebol do futuro, apesar que acho muito difícil e porque dificil, que um prova nunca mais foi convidado para ser ministro dos esporte porque você com todo respeito e um cachia não aceita maracutaia, não que todo mundo, mais uma boa gama da população mundial, um forte abraço galinho estamos juntos

  2. DJALMA BENTES disse:

    Zico tá de sacanagem; se lançar candidato sem nenhum apoio. Se o Maradona for eleito presidente da Fifa, a primeira providencia será ACABAR com o exame anti doping.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *