Início » Nesta Data » Carmen Miranda
Nesta data

Carmen Miranda

No dia 5 de agosto de 1955, morreu Carmen Miranda

Carmen Miranda
500 mil pessoas foram no enterro de Carmen Miranda no Rio (Reprodução/Internet)

Maria do Carmo Miranda da Cunha nasceu em Marco de Canaveses, Portugal, em 9 de fevereiro de 1909. Veio para o Brasil aos dois anos de idade, para morar no Rio de Janeiro com os pais. Desde pequena demonstrou talento para cantar, e aos vinte anos estreou na Rádio Sociedade. A partir dessa época começou a gravar discos, e no carnaval de 1930 teve sucesso com a marcha “Taí”, composta para ela por Joubert de Carvalho.

Nesse período começou também a fazer excursões para a Argentina e o Uruguai e a participar de filmes. Em 1938 participou do filme “Banana da terra”, dirigido por J. Rui, no qual canta “O que é que a baiana tem?”, de Dorival Caymmi, música encomendada para o filme. Diz a biografia de Caymmi que Ary Barroso, que já era famoso, pediu dez mil réis para fazer a música. O diretor do filme achou muito caro e fez a encomenda a Caymmi, jovem baiano ainda pouco conhecido. Foi a primeira vez que ela usou a roupa de baiana que tornou famosa. Foi também seu último filme no Brasil.

Em 1939, Carmen foi aos EUA e participou do musical da Broadway “Streets of Paris” (Ruas de Paris), no qual canta entre outras a marcha “Mamãe eu quero”, que é tocada no carnaval até os dias de hoje. Era acompanhada pelo grupo “Bando da lua”, do qual fazia parte Aloysio de Oliveira — que mais tarde viria a participar da Bossa Nova como produtor de discos. Ele lançou a gravadora “Elenco” e seria letrista de Tom Jobim em músicas como “Inútil paisagem” e “Demais”.

Em 1940, Carmen Miranda apresentou-se na Casa Branca para o presidente Franklin Roosevelt. Nesse ano foi considerada a terceira personalidade mais popular de Nova Iorque. A partir de então morou em Hollywood, onde fez vários filmes. Veio ao Brasil algumas vezes para cantar e rever a família. Morreu do coração na sua casa em Hollywood em 5 de agosto de 1955. Seu enterro, no Rio, foi acompanhado por 500 mil pessoas cantando “Taí”. Carmen participou ao todo de 19 filmes e gravou 154 discos. (Fonte: Enciclopédia da Música Brasileira, Art Editora, São Paulo, 1977)

Fontes:
Carmen Miranda

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

11 Opiniões

  1. Helio (rio de janeiro) disse:

    Eleutério, Como um Sherlock você dá a pista para nós entendermos como surgiu essa Carmem alegre e brejeira.

  2. Vera Lucia disse:

    Está faltando música brasileira na TV/aberta/fechada, tô de saco cheio de ver/ouvir aquelas músicas americanas enjoadíiissimas com vídeos de má qualidade, com total inversão de valores. Já começaram grandes eventos no Rio; porque não se divulga? A mídia parece ter uma preocupação DOENTIA com sexo e violência. Tenho pena dos jovens que nãoa tem nada quase nada de qualidade p ver, sem falar dos falsos profetas que pregam o amor ao DINHEIRO, desculpem o desabafo!

  3. Helio (rio de janeiro) disse:

    Além de uma cantora excepcional, Carmem tinha uma graça especial. Boa comparação com a Ellis Regina, que mais que a voz tinha o seu jeito absolutamente próprio de cantar.

  4. Eleutério Sousaa disse:

    O fato de ter nascido em Portugal, na província do Minho, dá-nos com sua alegria de viver e brejeirice a certeza de que os laços que nos unem devem ser melhor estudados. O Rio é uma autêntica cidade portuguesa, talvez um pouquinho mais morena, e isso só é motivo de orgulho!

  5. Dorival Barroso disse:

    O Brasil teve grandes cantores e cantoras no século 20, mas duas foram excepcionais: Carmen Miranda na primeira metade do século, e Elis Regina na segunda. Talento, criatividade, originalidade, não admira que Carmen tenha se tornado uma estrela mundial. Elis, que morreu aos 35 anos no auge da forma, talvez pudesse ter alcançado projeção internacional.

  6. Sandra disse:

    Salve Carmem, uma das maiores personalidades que o Brasil já conheceu!!!!Costumava visitá-la nos seus aniversários no seu museu, que está tão abandonado , coitadinho…merecia maior respeito!

  7. Melina Leshelle disse:

    Carmem Miranda é a artista brasileira com maior projeção internacional. Yes, nós temos Madonna!

  8. Carmen Miranda de Lacerda disse:

    Carmen Miranda foi uma cantora espetacular, uma mulher arrojada e pioneira para a época que, com seu canto, encantou o mundo inteiro. Com a sua voz e seu trabalho divulgou para o mundo a nossa arte, o nosso povo, o nosso País!

  9. Roque S. de Souza disse:

    A cantora Carmen Miranda teve outros compositores, também baianos, como Josué de Barros e Assis Valente ao seu lado.Josué de Barros acompanhava, com seu regional, Carmen Miranda e também teve suas composições gravadas,como Assis Valente, pela artista.

  10. Vera Lucia disse:

    Precisamos valorizar mais os nossos artistas! Não vejo graça nenhuma nessa Beoncê; se ainda fosse a “carnavalesca” Lady Gaga!!!

  11. Dorival Barroso disse:

    Carmen Miranda foi a melhor cantora da primeira metade do século 20. Era de uma modernidade incrível, como Ellis Regina na segunda metade do século.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *