Início » Nesta Data » Concílio de Trento marca divisão entre as igrejas Católica e Protestante
NESTA DATA

Concílio de Trento marca divisão entre as igrejas Católica e Protestante

Em 26 de janeiro de 1564, Papa Pio IV oficializou as determinações do concílio, que reafirmavam a doutrina católica

Concílio de Trento marca divisão entre as igrejas Católica e Protestante
Objetivo do concílio era combater a evasão de fiéis católicos (Foto: Wikipedia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O Concílio de Trento, também conhecido como 19º Concílio Ecumênico da Igreja, foi um a conferência de 25 sessões realizada em Trento, norte da Itália, entres os anos de 1545 e 1563.

O encontro ocorreu 28 anos após Martin Lutero romper com a Igreja Católica lançando as bases para a Reforma Protestante. Naquela época, o Protestantismo já havia conquistado muitos países da Europa e o objetivo do concílio era combater a evasão de fiéis católicos, movimento que ficou conhecido como Contra-Reforma.

O concílio foi convocado pelo Papa Paulo III e discutiu a doutrina católica e as críticas da doutrina Protestante. No encontro, foi determinado que príncipes eram proibidos de intervir em assuntos eclesiásticos, o conceito de pecado original foi estabelecido e foi declarado como bíblia autêntica a tradução feita por São Jerônimo, conhecida como “vulgata” (“popular”, em latim).

O encontro marcou definitivamente a divisão entre a Igreja Católica Romana e a Igreja Protestante. A última sessão do concílio ocorreu em 4 de dezembro de 1563, quando foram lidas todas as determinações estabelecidas. Posteriormente, elas foram enviadas para a aprovação final do Papa Pio IV, que deu seu aval menos de dois meses depois, no dia 26 de janeiro de 1564.

Fontes:
Construindo o Futuro-Concilio de Trento

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

6 Opiniões

  1. L. Batista disse:

    Que muita calúnia se lançou contra a Igreja Católica, no que concerne a falsa acusação de matança de “centenas”, “milhares” e até “milhões” de pessoas. Pura lenda, que na verdade não passava de mentira estratégica protestante, fomentada por anticatólicos como: Russel Hope Robbins, o apostata Doelling, Jules Baissac, Jean Français e Reinach. O próprio Rui Barbosa quando principiante inexperiente, traduziu “O Papa e o Concílio” uma obra de um deles, do Doelling, e se arrependeu mais tarde, proibindo no prefácio a publicação da mesma, pelas calúnias apaixonadas. Dizia mais tarde Rui Barbosa, quando maduro e experiente: “Estudei todas as religiões do mundo e cheguei a seguinte conclusão: religião ou a Católica ou nenhuma.” Carlos Mariano de M. Santos.

  2. Jayme endebo disse:

    Calunia? A igreja mamdou matar milhares de pessoas com a sua infame inquisiçao.
    Tem o titulo de maior instituiçao criminosa da terra.

  3. Liliane Pereira disse:

    Jaime, cite fontes do que você escreveu. Acusar é fácil.

  4. jayme endebo disse:

    Fontes? Qualquer livro de História tem fartura de dados sobre os crimes praticados pela ICAR se voce quer fingir desconhecer faça-o sob seu próprio risco. Portugal, Espanha, Veneza, França centenas de documentos de assassinatos, torturas, roubos de propriedades etc. Se tiver dinheiro dá um pulo nestes países e verás com seus próprios olhos mesquitas, sinagogas ROUBADAS e transformadas em igrejas, o que é hoje “juderias” eram cas onde habitavam judeus civis sem exército e morando séculos na Espanha inclusive, antes da Espanha se tornar Reino e foram expulsos torturados e assassinados.O pior cego é aquele que enxerga mas não vê.

  5. Ricardo Martins disse:

    Oi pessoal, não quero convencer ninguêm a nada, mas é um absurdo dizer que não houve perseguição religiosa por parte da igreja católica aos cristãos protestantes, este tribunal eclesiástico instituído pela igreja católica no inicio do séc XIII com o fim de investigar e julgar sumariamente pretensos hereges e feiticeiros acusados de crimes contra a fé católica não pode ser simplesmente ser abolida da historia é um fato, e o líder papal veio recentemente a publico pedir desculpas a esse respeito veja:
    Papa pede perdão a protestantes por perseguição católica no passado …
    Globo.com-25 de jan de 2016
    um abraço a todos

  6. Vand disse:

    L.batista com profundas considerações a vc, procure saber quem é o maior retentor de ouro e riqueza de todo mundo e que tem até um “telescopio chamado olho de lucifer”… q inclusive dizem ser até melhor q o telescópio habbou??? se aprofunda nisso tem muitas informação desencontrada pesquise de mente aberta Deus abençoe

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *