Início » Internacional » Martin Luther King faz seu discurso ‘I have a dream’
NESTA DATA

Martin Luther King faz seu discurso ‘I have a dream’

Em 28 de agosto de 1963, o ativista político americano Martin Luther King fez seu famoso discurso ‘I have a dream’, que o imortalizaria como um ícone da defesa dos direitos sociais para os negros

Martin Luther King faz seu discurso ‘I have a dream’
A marcha e o discurso aconteceram em um momento delicado, mas ambos foram um estrondoso sucesso (Foto: Wikimedia)

O famoso discurso de Martin Luther King, que o tornou mundialmente famoso, foi pronunciado no dia 28 de agosto de 1963, na escadaria do Monumento a Lincoln, em Washington, e ouvido por mais de 250 mil pessoas de todas as etnias que se reuniram na capital dos Estados Unidos, após a Marcha para Washington por Emprego e Liberdade. O objetivo da manifestação era divulgar de forma dramática as condições de vida desesperadas dos negros no Sul dos Estados Unidos, e exigir do poder federal um maior comprometimento na segurança dos negros e dos defensores dos direitos civis, sobretudo no Sul.

Dentre as exigências, estavam: o fim da segregação no ensino público, passagem de legislação clara no que respeita aos direitos civis, assim como de legislação proibindo a discriminação racial no emprego; para além do fim da brutalidade policial contra militantes dos direitos civis e a criação de um salário mínimo para todos os trabalhadores, que beneficiaria sobretudo os negros.

Realizada em um momento tenso e delicado, a manifestação foi um estrondoso sucesso, e o discurso conhecido sobretudo pela frase repetida no meio do discurso “I have a Dream” (Eu tenho um sonho), mas também pela frase que é repetida no fim – “That Liberty Ring” (Que a Liberdade ressoe), que retoma o poema patriótico “América”, tornou-se, com o discurso de Lincoln em Gettysburg, um dos mais importantes da oratória americana.

Em 1964 a Lei dos Direitos Civis foi votada e promulgada por Lyndon B. Johnson e em 1965 a Lei sobre o Direito de Votar foi aprovada.

Martin Luther King, Jr. foi escolhido como Prémio Nobel da Paz no ano seguinte, em 1964.

Fontes:
O Portal da História - DISCURSO DE MARTIN LUTHER KING, JR.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. JOSE AUGUSTO DE PAULA disse:

    Se cada um dos países mais desenvolvidos comesace a fazer um pouco mais do que eles já estão fazendo, eu sei que não será fácil pois a uma série de questões como abtos crenças questões culturais e uma série de questões que envolvem estás questões, mais sei que com ajuda de Deus é possível tornar as coisas um pouco mais fácil para todos nós pelo mundo afora! Que Deus nos ajude pois com o nosso trabalho e com a ajuda dele seria muito mais fácil. Muito obrigado a todos!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *