Início » Economia » Internacional » Morre Gêngis Khan
NESTA DATA

Morre Gêngis Khan

O conquistador mongol que ligou o mundo ocidental ao oriental de forma nunca antes vista morreu em 1227

Morre Gêngis Khan
Seu nome verdadeiro era Temudjin (Foto: Wikimedia)

Em 18 de agosto de 1227, morre Gêngis Khan, lembrado como um conquistador bárbaro e cruel que dominou toda a Ásia, o Oriente Médio e a Europa Oriental no século XIII.

Ele foi basicamente o homem que lançou as bases da globalização ao ligar o mundo ocidental ao oriental de forma nunca antes vista.

Seu nome verdadeiro era Temudjin. Não há um consenso sobre sua data de nascimento, alguns dizem que foi no ano de 1155, outros dizem que foi em 1167. Durante seus primeiros anos, ele viveu com sua família. Aos nove anos, perdeu o pai, assassinado pelos tártaros, o povo mais feroz da Mongólia. Como foi abandonado pela sociedade local por conta da morte do pai, Temudjin, sua mãe e seus irmãos foram viver nos montes Kentai, na Mongólia.

Quando casou, ele ficou sob a proteção da poderosa família da noiva, os kereyt, turcos cristianizados. Em poucos anos, Temudjin se impôs e adquiriu ascendência considerável sobre os que falavam sua língua, o mongol. Em 1202, vingou o pai vencendo os tártaros e obrigando-os a servi-lo.

Em 1206, uma assembleia plenária das tribos elegeu Temudjin chefe de toda a Mongólia oriental, com o título de “chefe oceânico”, o Cinggis Kaghan, na língua mongol. O Ocidente o transformou em Gêngis Khan.

Ele fundou o maior império da história em extensão contínua de terra. Ele e seus sucessores só não conquistaram a Europa ocidental, a África, as Índias e as ilhas da Ásia oriental. Mas conquistaram todos os outros territórios entre o Pacífico e o Mediterrâneo.

Gêngis Khan morreu, durante uma campanha, no dia 18 de agosto de 1227, sem conhecer uma parte do território que seus homens conquistaram.

Fontes:
Guia do Estudante-Conheça a história do líder mongol Gêngis Khan
História Viva-Ele fez o mundo tremer

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Márcio Faria disse:

    CONCORDO QUE O VERDADEIRO HOMEM TEM QUE LUTAR POR SEUS IDEAIS AJUDANDO SEU POVO. E NÃO ENGANAR SUA NAÇÃO COMO ESTÁ ACONTECENDO COM ESSES POLÍTICOS QUE ESTÁ A ROUBAR E VENDER SUA NAÇÃO POLÍTICOS NAZISTAS… DEUS OS PERDOEM POIS TERÃO QUE RESPONDER SUAS FALTAS COM DEUS…

  2. Carlos A Jacintho disse:

    Isso sim que é fazer historia, e não os que esses boca aberta de jogadores falam ao participar de
    uma final de campeonato.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *