Início » Nesta Data » Morre Nikola Tesla
NESTA DATA

Morre Nikola Tesla

Em 7 de janeiro de 1943, morre o inventor austríaco Nikola Tesla

Morre Nikola Tesla
Primeiro contato de Tesla com a engenharia elétrica foi em 1875 (Foto: Wikimedia)

Nicola Tesla foi um inventor austríaco que deixou grandes contribuições para o desenvolvimento da tecnologia avançada no campo do eletromagnetismo. Ele nasceu em 10 de julho de 1856, em Smiljan, no antigo Império Austríaco, onde atualmente fica a Croácia.

Seu primeiro contato com a engenharia elétrica foi em 1875, quando ingressou no Politécnico Austríaco em Graz, onde estudou o conceito de corrente alternada. Ele estudou na instituição até o terceiro ano, quando abandonou as aulas em 1878. Naquele ano, ele decidiu se mudar para a cidade de Maribor, onde trabalhou como engenheiro assistente durante um ano.

Em 1880, convencido pelo pai, Tesla ingressou na Universidade Carolina, em Praga, onde teve contato com as obras de Ernst Mach, um físico austríaco. Porém, ele abandonou novamente os estudos um ano depois, após a morte do pai.

Tesla sofria de um tipo de doença que o fazia enxergar clarões de luz, às vezes acompanhados de alucinações. Ele também era conhecido por ter uma memória fotográfica. Ele era capaz de enxergar uma invenção completamente pronta antes de começar a esboçá-la no papel.

Foi o que ocorreu com a invenção do motor elétrico movido a corrente alternada. O projeto foi totalmente feito mentalmente, sem um esboço. Certa vez, quando questionado sobre como sabia que a invenção daria certo, ele respondeu: “Simples, estou vendo-o funcionar”.

Em 1881, ele se mudou para Budapeste, e trabalhou como eletricista chefe da Companhia Nacional de Telefones. Nessa época, ele criou um aparelho considerado o primeiro alto-falante do mundo.

Em 1884, Tesla se mudou para os EUA, onde trabalhou com Thomas Edison. Ele se ofereceu para reprojetar os geradores elétricos de corrente contínua da Edison Company. Diante da oferta, Edison disse: “Você terá 50 mil dólares se conseguir fazê-lo”.

Tesla aceitou a proposta e trabalhou durante meses no projeto. Ao concluí-lo, pediu o pagamento para Edison, que respondeu: “Tesla, você não entende nosso humor americano”. Edison ofereceu um aumento de dez dólares no salário semanal de Tesla, que recusou a proposta e pediu demissão.

Além do motor elétrico, Tesla também foi inventor do princípio da criação de energia elétrica através de um campo magnético rotativo, ignição elétrica de motores à gasolina; o motor assíncrono giratório, comutadores elétricos, bobina de Tesla, que permitiu a comunicação sem fio, rádios e tv’s (considerado precursor do Wi Fi), lâmpada fluorescente e controle remoto por rádio.

Tesla morreu em 7 de janeiro de 1943. Seus últimos dias de vida foram melancólicos, na miséria financeira, sofrendo de uma sensibilidade extrema à luz e ao som e conversando com pombos imaginários.

Fontes:
Oficina da Net-Nikola Tesla, o gênio mais injustiçado da história

2 Opiniões

  1. Ewerton disse:

    Genio!

  2. antonio disse:

    Grande Nikola Tesla, o homem que mais contribuiu para o nosso crescimento e ao mesmo tempo esquecido por todos…

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *