Início » Brasil » Nasce Café Filho
NESTA DATA

Nasce Café Filho

Em 3 de fevereiro de 1899, nasceu Café Filho, político brasileiro que assumiu brevemente a presidência do país após o suicídio de Getúlio Vargas

Nasce Café Filho
Café Filho comandou o país por apenas 14 meses (Foto: Reprodução/ Youtube)

João Augusto Fernandes Campos Café Filho foi um jornalista, advogado e político, que assumiu a presidência do Brasil após o suicídio de Getúlio Vargas. Comandou o país apenas por 14 meses, mas seu governo foi marcado por uma tentativa de estabilizar o cenário econômico e político abalado ainda pela morte de Getúlio Vargas.

Nascido em 3 de fevereiro de 1899, em Natal, no Rio Grande do Norte, Café Filho desempenhou um papel importante no jornalismo como fundador do Jornal do Norte (1921) e editor dos jornais O Correio de Bezerros (1923) e A Noite (1925), neste último escreveu artigos se posicionando contra o combate à “Coluna Prestes”. Por conta disso, acabou preso em 1927.

Uniu-se à Aliança Liberal na campanha da Revolução de 1930 e em 1933, foi um dos fundadores do Partido Social Nacionalista do Rio Grande do Norte (PSN), se elegendo deputado federal (1935-1937). Anos mais tarde, com Ademar de Barros, fundaram o Partido Republicano Paulista (PRP), pelo qual foi eleito deputado federal (1946-1950). Após o fim do mandato como deputado federal, formaram uma coligação de partidos que se chamaria Partido Social Progressista (PSP) e Café Filho se elegeu vice-presidente, que na época era uma votação separada do presidente.

As pressões ao governo levaram Vargas ao suicídio em 24 de agosto de 1954 e Café Filho assumiu a presidência do país em meio a conturbações. Adotando medidas de contenção econômica, elaboradas pelo Ministro da Fazenda Eugênio Gudin, tentou reduzir o déficit público, combater a inflação e conter o crédito. Também procurou apaziguar conflitos políticos entre partidos governistas e oposicionistas.

Alegando problemas de saúde, teve que se afastar do cargo em 8 de novembro de 1955, dando o lugar à Carlos Luz. Café Filho tentou voltar às atividades presidenciais, no entanto, o general Henrique Lott depôs Carlos Luz e o Congresso Nacional aprovou o impeachment de Café Filho. O vice-presidente do Senado, Nereu Ramos, assumiu a presidência até janeiro de 1956, quando Juscelino Kubitschek foi eleito.

Fontes:
Biblioteca da Presidência da República-João Fernandes Campos Café Filho
CPDOC-João Café Filho

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Ronaldo J Souto Maior disse:

    Chegado em Bezerros, trazido pelo delegado dos Bezerros, João Café Filho foi logo nomeado para secretário da PMB, com nomeação do prefeito Ten.Coronel José Pessoa Souto Maior em 1922, em seguida assumiu a chefia da Redação do Jornal CORREIO DE BEZERROS, acumulando a Advocacia dos Pobres ainda pela Prefeitura Municipal.Participou com grande valentia contra a agressão ao sobrado do Cel.José Pessoa, justamente no dia das eleições, o qual estava lotado de correligionários, cujo adversário de Cazuzinha era o Cel. Salviano Machado, apoiado pelo seu compadre governador do Estado Sérgio Loreto A intervenção corajosa de Café Filho amenizou a tragédia, que resultou na morte do Alferes Florismundo Santa Cruz (42 anos de idade), e feridos, entre os quais José Pessoa Sobrinho, Antônio Pessoa Souto Maior. JOÃO CAFÉ FILHO na varanda do sobrado gritava pedia calma e que os eleitores voltem para casa, o que evitou uma maior tragédia.O delegado especial retira da resid do prefeito as armas ênciaguardadas, jóias e a quantia de 200$000 pertencentes a Congregação de Nossa Senhora da Conceição, doados pelos fiés, cuja presidente era a irmã de José Pessoa Souto Maior (Cazuzinha)sra. Maria da Conceição Figueiredo Lima ( conhecida como D.Caçã ).OBS. Maiores detalhes no livro BEZERROS,SEUS FATOS E SUA GENTE – Vol.!Pags.124/129.

  2. Ronaldo J Souto Maior disse:

    EMENDA:
    Como Vice-presidente da República Dr. João Café Filho visita Bezerros em 1951, no governo municipal dos Bezerros, o qual atendendo solicitação promete – e cumpre – a construção de uma maternidade, que mais tarde é inaugurada, passando a constituir uma importante obra deixada pelo Vice-presidente Dr.JOÃO CAFÉ FILHO.
    Com um tríplice abraço fraterno do prof.Historiador Ronaldo J Souto Maior.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *