Início » Cultura » O primeiro livro impresso da história: a Bíblia de Gutenberg
NESTA DATA

O primeiro livro impresso da história: a Bíblia de Gutenberg

Em 30 de setembro de 1452, começa a produção do primeiro livro impresso do mundo: a Bíblia de Gutenberg

O primeiro livro impresso da história: a Bíblia de Gutenberg
O livro foi impresso em dois volumes distribuídos em 1.282 páginas com 42 linhas cada (Foto: Wikimedia)

Em 30 de setembro de 1452 começa a produção do primeiro livro impresso do mundo: a Bíblia de Gutenberg. Johannes Gutenberg trabalhou na cidade de Mainz, na Alemanha, ao lado de 20 colaboradores durante três anos para imprimir sua obra.

Gutenberg imprimiu a sua transcrição da Bíblia em latim em dois volumes distribuídos em 1.282 páginas com 42 linhas cada, resultando em aproximadamente três milhões de caracteres. Foram impressas 180 unidades até o ano de 1455, mas apenas 48 exemplares estão conservados até hoje.

Filho de uma família aristocrata ligada à indústria metalúrgica alemã, Gutenberg realizou experimentos com tipos metálicos móveis, fabricados através de um molde. Ele aperfeiçoou o sistema de impressão de livros, que na época era um processo de transcrição manual longo e que ocupava o trabalho de muitas pessoas.

O texto original do livro é a tradução em latim conhecida como Vulgata, feita por São Jerônimo no século IV. A Bíblia foi toda impressa em colunas duplas e utiliza uma tipografia gótica. Letras maiúsculas nos títulos foram ornamentadas à mão e são coloridas. A Bíblia de Gutemberg é considerada uma obra-prima da impressão e do artesanato refinado.

O livro é considerado uma grande evolução no processo de impressão, e rapidamente sua invenção se espalhou por toda Europa e mais tarde pelo mundo.

Fontes:
Tipógrafos-A B-42 de Gutenberg (1452-1455)
Biblioteca Mundial Digital-A Bíblia de Gutenberg

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

13 Opiniões

  1. Francinaldo o santos disse:

    Com certeza e algo importante

  2. Gondim disse:

    Importante informação que nos remete à memória dos monges copistas que nos legaram por séculos o texto das Sagradas Escrituras,até então acessível a diminuto número de privilegiados.

  3. Vanderlei disse:

    Muito bom mesmo

  4. Eduardo Mangala disse:

    Levando em conta que antes dessa bíblia, os pergaminhos e papiros ficavam em poder apenas do clero da ICAR posso afirmar com toda a certeza que a bíblia é o livro mais modificado da história e o que temos hoje corresponde a no máximo 50% dos escritos originais.

  5. Carola disse:

    Impresso os 73 livros,a Igreja Católica sempre teve os 73 livros, interessante a informaçao pois mostra que alguem tirou 7 livros do Antigo Testamento apos a reforma protestante.

  6. Everton disse:

    Muito bom agr acho que tiro 10 no teste de artes

  7. Rosilene B.de Alencar Queiroz disse:

    Muito interessante!A Bíblia Sempre foi e sempre será um manual de sobrevivência a todos os que desejam viver de maneira plena no mundo em que foi criado PELO SEU AUTOR o Espírito Santo de Deus.

  8. Aureo Ramos de Souza disse:

    E para Gutemberg fazer este feito criptografado efetuou muitas pesquisas e o livro de Gutemberg era chamado de O LIVRO DA CAPA PRETA, que havia na capa uma cruz folheada a ouro.Depois mudaram para capítulos e versículos e mais a frente Lutero saindo da igreja católica tirou alguns livros fez a Biblia evangélica por não concordar com imagem e sendo ele padre na época.

  9. José Alves Neto disse:

    Gutemberg fez mais,ao traduzir a Bíblia do latim para uma língua barbara ( o alemão) ele contribuiu ainda mais para a expansão da fé cristã, ao mesmo tempo, diminuindo a poderio da igreja romana. Pois agora não precisava mais de padres para “traduzir’ os textos sagrado pois agora os féis poderiam beber na fonte agora.

  10. Rene Luiz Hirschmann disse:

    O texto original do livro é a tradução em latim conhecida como Vulgata, feita por São Jerônimo no século IV.

    Esse é o problema, a tradução para o latim, adequada as crenças do tradutor, como tudo na história da humanidade.

  11. Áureo Ramos de Souza disse:

    E saibam que Gutemberg inventor da imprensa fez o livro da capa preta sem capítulos e sem versículos e não existia o livro de salmos, o livro de salmos foram escritos por homens que os evangélicos dizem com inspiração de ??Deus eu neste caso acredito pois o livro de Salmos é muito bem redigido.Agora hoje temos bíblias que divergem uma da outra.

  12. Aureo Ramos de Souza disse:

    Prezado Eduardo para Gutemberg fazer o Livro da Capa Preta ele pesquisou e foi também através de papiros e pedras com escrituras e pode fazer o Famoso Livro. Como tem escrito não tinha livro de Salmos e Lutero Modificou quando deixou a igreja católica que padre ele era.

  13. João Direnna disse:

    Passado tanto tempo da obra importante impressa por Gutemberg e seus colaboradores, o que se vê é uma educação sem muita coisa boa pra se ler e pra ensinar. Somada à falta de Deus e de valores éticos, morais, etc

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *