Início » Economia » Internacional » Agricultor francês ganha processo contra Monsanto
HERBICIDA

Agricultor francês ganha processo contra Monsanto

Tribunal de Lyon conclui que o herbicida Lasso, da Monsanto, foi responsável por problemas de saúde enfrentados por Paul François, de 55 anos

Agricultor francês ganha processo contra Monsanto
Saúde do agricultor ficou debilitada após a exposição contínua ao produto (Foto: USDA)

Após outras polêmicas nos Estados Unidos, a empresa de herbicidas Monsanto foi responsabilizada pela doença de um agricultor francês, de 55 anos. Um tribunal da cidade de Lyon, na França, decidiu que a empresa é a culpada pelos problemas de saúde do agricultor.

Segundo Paul François, sua saúde ficou debilitada após a exposição contínua ao produto da marca Lasso. Ele afirmou que a rotulagem era inadequada e que passou a sofrer de problemas neurológicos, desmaios, perda de memória e dores, após inalar o agrotóxico em 2004, enquanto trabalhava em sua fazenda. O herbicida passou a ser proibido na Franca em 2007.

Apesar da condenação, o veredito não decidiu o valor a ser pago em indenização a François. A decisão ficará a cargo de outro tribunal em Lyon. François solicitou uma indenização de aproximadamente 1 milhão de euros.

“O senhor François conclui, justificadamente, que o produto, devido a sua rotulagem inadequada, que não respeitava os regulamentos, não oferecia o nível de segurança que ele legitimamente deveria esperar”, afirmou o tribunal.

Em 2018, a empresa alemã Bayer comprou a Monsanto por US$ 63 milhões de dólares e chegou a afirmar que não manteria o nome da empresa, devido aos processos relacionados a herbicidas. A Bayer ressaltou que os produtos “não representam um risco para a saúde humana, se forem utilizados de acordo com os termos de uso estabelecidos na sua aprovação regulatória”.

Nos Estados Unidos, a Monsanto enfrenta 11.200 processos relacionados ao herbicida Roundup, que é à base de glifosato, um herbicida amplamente usado no Brasil. Em março deste ano, a empresa foi condenada a pagar mais de US$ 80 milhões de dólares a um agricultor que desenvolveu câncer após o uso contínuo do produto.

Fontes:
DW-Agricultor francês ganha processo contra Monsanto

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *