Início » Brasil » Apenas 15% aprovam políticas do governo Bolsonaro na educação, aponta pesquisa
EDUCAÇÃO

Apenas 15% aprovam políticas do governo Bolsonaro na educação, aponta pesquisa

Pesquisa revelou que 58% reprovam atuação do governo federal nessa área

Apenas 15% aprovam políticas do governo Bolsonaro na educação, aponta pesquisa
Apenas 6% dos entrevistados consideram importantes as pautas discutidas nos primeiros meses do atual governo (Fonte: Reprodução/Agência Brasil)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Uma pesquisa feita em junho pela organização Todos pela Educação e pelo grupo Ideia Big Data revelou que 58% dos entrevistados reprovam e 15% aprovam a atuação do governo federal na educação.

Ainda de acordo com a pesquisa, que foi obtida com exclusividade pelo portal G1, 60% dos entrevistados afirmaram que a qualidade da educação no Brasil é ruim ou péssima e 10% dizem que é regular ou boa.

A margem de erro da pesquisa, que tem abrangência nacional e foi realizada por telefone, é de 3,15% para mais ou para menos. O nível de confiança é de 95%.

Apenas 6% dos entrevistados consideram importantes as pautas discutidas nos primeiros meses do atual governo, como filmar professor em sala de aula, evitar “doutrinação”, regulamentar a educação domiciliar e expandir as escolas militares.

Para 52% dos entrevistados, o governo deveria ter como prioridade aumentar o número de vagas em creches, combater o analfabetismo e melhorar o salário e o trabalho dos professores.

A pesquisa aponta ainda que 38% dos entrevistados consideram ruim a atuação do governo na área de educação, 20% a consideram péssima, 10% acham que a atuação do governo é boa, e 5%, ótima. Outros 20% dizem que as ações do governo são regulares e 7% não sabem ou não quiseram responder.


Fontes:
G1 - 58% reprovam e 15% aprovam as políticas do governo na educação, aponta pesquisa

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *