Início » Economia » Internacional » Balsa com 250 passageiros afunda em Bangladesh
Acidente

Balsa com 250 passageiros afunda em Bangladesh

Segundo chefe da policial local, Tofazzal Hossain, a balsa transportava um número excessivo de passageiros. Pelo menos duas pessoas moerreram no acidente

Balsa com 250  passageiros afunda em Bangladesh
Os acidentes de balsas são frequentes, provocados pelas embarcações sobrecarregadas, além da falta de manutenção dos transportes (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Uma balsa que transportava 250 passageiros afundou nesta segunda-feira, 8, em um rio no centro de Bangladesh, a 30 km ao sul da capital Dhaka. Segundo a polícia, pelo menos duas pessoas morreram e cem passageiros foram resgatados.

Segundo chefe da policial local, Tofazzal Hossain, a balsa transportava um número excessivo de passageiros e o rio estava agitado. Um sobrevivente identificado como Sonam afirmou que mais de 350 pessoas estavam na embarcação, que ficou completamente submersa. “Não havia tempestade, mas as ondas eram enormes. A balsa foi atingida por uma onda e começou a entrar água. Escapei pela janela. A balsa afundou rapidamente e fui resgatado por um pequeno barco a motor”, explicou Sonam.

Samsuddoha Khondaker, presidente da Autoridade de Transporte Aquático de Bangladesh, informou que o acidente aconteceu quando a balsa cruzava o Rio Padma, no distrito de Munshiganj, na parte central do país.

A navegação fluvial é o principal sistema de transporte de Bangladesh, um dos países mais pobres da Ásia, que possui mais de 230 rios. Os acidentes de balsas são frequentes, provocados pelas embarcações sobrecarregadas, além da falta de manutenção dos transportes. Em maio, uma balsa afundou no rio Meghna, um dos maiores do mundo, e deixou dezenas de mortos.

Fontes:
O Globo-Balsa sobrecarregada afunda em Bangladesh e deixa pelo menos dois mortos

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *