Início » Economia » Nacional » Barbosa afirma que PL participou do mensalão
Julgamento do mensalão

Barbosa afirma que PL participou do mensalão

Segundo relator, membros do PL, atual PR, fizeram parte do esquema de compra de apoio parlamentar

Barbosa afirma que PL participou do mensalão
Relator afirmou que PL (atual PR) recebeu apoio durante acordo financeiro com PT (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O ministro Joaquim Barbosa, relator do processo do mensalão, declarou nesta quarta-feira, 19, que considera materializado o crime de corrupção passiva do deputado Valdemar Costa Neto (PR-SP), do ex-deputado Bispo Rodrigues e do ex-tesoureiro Jacinto Lamas, ambos do PR, antigo PL.

Barbosa retomou a leitura de seu voto sobre o núcleo político do esquema do mensalão. Sobre a acusação de Valdemar, na época presidente do PL, Barbosa disse que “ao contrário do que alega a defesa, houve sim demonstração de pagamento de valores em seu benefício durante o período de dois anos e houve concentração de pagamentos no período de reformas importantes”.

Segundo o relator, o dirigente do PL recebeu repasses milionários e contou com a colaboração criminosa de Jacinto Lamas, que recebia os recursos de compra de apoio político nos primeiros anos do governo Lula. O ministro recusou a tese da defesa de que houve caixa dois e não compra de  votos e afirmou que os partidos políticos não são doadores universais de dinheiro para outros partidos políticos.

Barbosa também acolheu a denúncia de corrupção passiva contra o ex-deputado Bispo Rodrigues (PL-RJ), que teria recebido R$ 400 mil do esquema. O ministro apontou que a bancada do PL recebeu o apoio de 23 parlamentares durante o acordo financeiro com o PT.

De acordo com a denúncia, os réus lavaram o dinheiro recebido, enviando intermediários para receber recursos. A empresa Garanhuns é acusada de se especializar na ocultação de recursos.

Fontes:
Folha-Relator aponta crime de corrupção de Valdemar Costa Neto e mais dois

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *