Início » Brasil » Bolsonaro exclui comentário ofensivo à Brigitte Macron
APÓS REPERCUSSÃO NEGATIVA

Bolsonaro exclui comentário ofensivo à Brigitte Macron

Presidente, no entanto, nega que tenha ofendido Brigitte Macron ao respaldar comentário de seguidor que zombou da primeira-dama francesa

Bolsonaro exclui comentário ofensivo à Brigitte Macron
Comentário em referência à idade e aparência de Brigitte teve forte repercussão negativa (Foto: Presidencia de la República Mexicana)

O presidente Jair Bolsonaro apagou o comentário que fez, em uma postagem no Facebook, em resposta a um seguidor que zombou da primeira-dama da França, Brigitte Macron. A informação foi divulgada pelo site Poder 360 na noite da última terça-feira, 27.

Segundo o Poder 360, a assessoria do Palácio do Planalto confirmou que foi o próprio presidente que publicou o comentário, mas informou que não discutiria a exclusão do conteúdo. O comentário do seguidor foi mantido na rede social.

O comentário de Bolsonaro teve forte repercussão negativa no Brasil e na França. O imbróglio teve início no último sábado, 24. Bolsonaro respondeu a um comentário de um seguidor chamado Rodrigo Andreaça, que postou uma montagem de fotos de Macron e Bolsonaro ao lado de suas respectivas esposas, Brigitte e Michelle Bolsonaro, com a frase: “Agora entende pq Macron persegue Bolsonaro?”.

A publicação comparava a idade e aparência de Brigitte, que é 24 anos mais velha que Macron, e Michelle, que é 27 anos mais nova que Bolsonaro.

Bolsonaro respondeu ao comentário respaldando a chacota: “Rodrigo Andreaça não humilha cara kkkkkkk”.

A resposta gerou polêmica e Bolsonaro foi criticado por sexismo no Brasil e na França. Jornais franceses destacaram a postura do presidente brasileiro e citaram ainda outros comentários de baixo calão feitos por pessoas ligadas ao governo Bolsonaro.

Em uma coletiva à margem do G7, Macron foi questionado sobre o assunto e lamentou a atitude do presidente brasileiro. “O que eu posso dizer a vocês? É triste. Mas é especialmente triste para os brasileiros. Eu acho que as mulheres brasileiras têm vergonha ao ler isso vindo de seu presidente. Espero que um dia tenham um presidente que se comporte à altura”.

O caso veio na esteira do acirramento de tensão entre Brasil e França em decorrência das críticas do governo francês à política ambiental de Bolsonaro.

Na terça-feira, em sua já usual entrevista a jornalistas na saída do Palácio da Alvorada, em Brasília, Bolsonaro negou ter ofendido a primeira-dama francesa. “Eu não botei aquela foto. Alguém que botou a foto lá e eu falei para ele não falar besteira. Não quero levar para esse lado. Questão pessoal, familiar, eu não me meto. Respeito o cara para não entrar nessa área”, disse o presidente.

Questionado pelos repórteres se tinha intenção de pedir desculpas à Brigitte Macron, Bolsonaro se irritou, se esquivou de responder e encerrou a entrevista. “Tchau para vocês….Realmente, vocês não merecem a consideração”, disse o presidente.

Também na terça-feira internautas brasileiros formaram nas redes sociais uma corrente – sob a hashtag #DesculpaBrigitte – para se desculpar pelo comentário de Bolsonaro e expressar apoio à primeira-dama francesa.

Segundo informou o jornal Le Parisien, a corrente chegou a Brigitte, que estava em Biarritz, sudoeste da França, onde ocorreu a cúpula do G7, como anfitriã da comitiva de esposas de chefes de Estado. Brigitte se disse emocionada pelas mensagens de apoio.

O relacionamento entre Brigitte e Emmanuel Macron já foi alvo de ataques em outras ocasiões. Uma delas foi na campanha presidencial de 2017, quando Macron reagiu a comentários sobre sua esposa, afirmando que, se fosse ele quem tivesse 20 anos a mais que ela, “ninguém pensaria por um segundo que não poderiam estar legitimamente juntos”.

Leia mais: Brigitte Macron e o sexismo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

3 Opiniões

  1. E. Coelho disse:

    O presidente Bolsonaro perdeu uma ótima oportunidade de ficar calado. É preciso dar-se o respeito, pois ele representa o Brasil. Pergunto: o que ele ganhou com essa ofensa gratuita? Esse é, também, um dos motivos da queda da sua popularidade.

  2. E. Coelho disse:

    #JovemPan
    Constantino disse: Temos o direito de esperar decência de nossos líderes https://www.youtube.com/watch?v=Y3FmOFeftZ4

  3. Salim disse:

    O Bolsonaro repudiou o cara para nao humiliar no post das fotos hilarias. mas o kkkkk foi o estopim desta polemica toda. O Presidente nao pode gargalhar, nos podemos, kkkkk

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *