Início » Brasil » Cabral ficará um mês em isolamento por conta de ‘videoteca’
RIO DE JANEIRO

Cabral ficará um mês em isolamento por conta de ‘videoteca’

Ex-governador do Rio ficará sem visita, contato com outros detentos e banho de sol por conta de ‘videoteca’ descoberta em 2017

Cabral ficará um mês em isolamento por conta de ‘videoteca’
Medidas punitivas são fruto de um processo disciplinar (Foto: Agência Brasil)

Preso desde novembro de 2016, o ex-governador do Rio de Janeiro Sergio Cabral ficará 30 dias sem receber visitas, isolado na própria cela, sem contato com outros detentos e sem direito a banho de sol no presídio de Bangu 8, no Complexo Penitenciário de Gericinó, na Zona Oeste do Rio – onde cumpre pena.

A informação foi confirmada pela Secretaria de Administração Penitenciária do Rio de Janeiro nesta segunda-feira, 24. Segundo a secretaria, as medidas punitivas são fruto de um processo disciplinar, instaurado em 2017, em decorrência da descoberta de uma sala para exibição de filmes na penitenciária José Frederico Marques, um dos locais onde Cabral cumpriu pena, localizada em Benfica, Zona Norte do Rio.

A “videoteca”, como foi apelidada pelos noticiários, foi encontrada em outubro de 2017. Nela, estava uma televisão de 65 polegadas, um home-theater com seis caixas de som e 160 filmes. O espaço era compartilhado com todos os detentos.

Na ocasião, a Secretaria de Administração Penitenciária informou que salas do tipo são previstas na Lei de Execuções Penais e apresentou um termo que apontava que os equipamentos haviam sido doados pela Igreja Batista do bairro do Méier e a Comunidade Cristã Novo Dia.

Posteriormente, a investigação concluiu que a doação foi forjada. O termo de doação havia sido redigido dentro da penitenciária e os aparelhos já estavam no local antes da assinatura do documento. Na época, o pastor que assinou o documento disse ter sido levado para a biblioteca da penitenciária, onde Cabral o convenceu da necessidade da assinatura de um representante de instituição religiosa para que os equipamentos pudessem ser utilizados por todos os detentos.

Ainda não se sabe quem pagou pelos equipamentos, avaliados em um total de R$ 8 mil. Após a descoberta, os equipamentos foram doados para o orfanato Casa do Menor São Miguel Arcanjo, em Nova Iguaçu, na Baixada Fluminense.

Fontes:
G1-Ex-governador Sérgio Cabral ficará em isolamento por um mês por instalação de 'videoteca' em presídio do Rio

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *