Início » Internacional » Califórnia vai legalizar o suicídio assistido em 9 de junho
SUICÍDIO ASSISTIDO

Califórnia vai legalizar o suicídio assistido em 9 de junho

Dois médicos devem concordar que o paciente tem menos de seis meses de vida e o paciente tem que estar são para garantir que quer realmente morrer

Califórnia vai legalizar o suicídio assistido em 9 de junho
Céticos temem que esta nova lei estimule um 'boom' de suicídios assistidos (Foto: Pixabay)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A partir de 9 de junho, os pacientes terminais da Califórnia vão ter o direito de optar pelo suicídio assistido. Ou seja, médicos vão poder prescrever drogas letais para induzir a morte do paciente. Para que o paciente possa solicitar o direito, ele deve se encaixar nas seguintes condições: dois médicos devem concordar que ele tem menos de seis meses de vida e é preciso passar por um rigoroso questionamento para garantir que ele esteja com a mente sã e que realmente queira morrer.

Em outubro de 2015, o governador da Califórnia, Jerry Brown, disse que não vetaria o projeto que os legisladores tinham aprovado no mês anterior. Numa pequena carta aberta, ele disse que caberia aos próprios cidadãos da Califórnia decidirem seus destinos com suas próprias consciências e crenças religiosas. Brown apoiou a medida por meio de uma sessão legislativa especial, reunida para discutir entre outras coisas como o estado pagaria os médicos que ajudariam no suicídio assistido. Seu consentimento, no entanto, não significou muito até que a sessão terminasse em 10 de março. A lei entra em vigor em 9 de junho.

Em 30 de março, o comitê de saúde do Senado decidiu que vai estabelecer uma linha telefônica gratuita para dar informações às pessoas que estão pensando no suicídio assistido por médico.

Céticos, entretanto, temem que esta nova lei estimule um boom de suicídios assistidos. Em Oregon, onde há uma lei muito semelhante desde 1997, menos de mil pessoas usaram o direito. A Califórnia tem uma população dez vezes maior que Oregon, mas o Departamento de Saúde estima que no primeiro ano da lei menos de 450 pacientes devam pedir a prescrição das drogas letais. Além disso, nem todos os pacientes devem tomar a droga requisitada.

 

 

Fontes:
The Economist-Doctor-assisted dying will be legal in California from June 9th

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *