Início » Economia » Internacional » Cidade na Sicília vende casas a 1 euro
EM BUSCA DE MORADORES

Cidade na Sicília vende casas a 1 euro

Medida visa atrair moradores para reviver a região, que vive em queda populacional acentuada nos últimos anos

Cidade na Sicília vende casas a 1 euro
Sambuca tem uma vista deslumbrante da ilha da Sicília e do mar Mediterrâneo (Foto: Flickr/gdistefano21)

O governo local de Sambuca, na Sicília, colocou uma série de casas à venda por apenas 1 euro. A medida visa atrair moradores para reviver a região.

Localizada no alto de uma colina, Sambuca tem uma vista deslumbrante da ilha e do mar Mediterrâneo. Porém, vive em queda populacional acentuada nos últimos anos, fruto da busca por melhores condições de vida em grandes centros urbanos.

De acordo com o governo local, qualquer pessoa interessada em comprar uma casa é atendida de imediato. “Ao contrário de outras cidades que apenas fizeram isso como propaganda, Sambuca de fato tem casas à venda por 1 euro”, disse, à rede CNN, Giuseppe Cacioppo, vice-prefeito da cidade e conselheiro de turismo.

Mas subjacente a esse preço simbólico, está uma ideia inteligente, que condiciona a compra ao compromisso dos novos proprietários de reformar o imóvel em um prazo de três anos, com um custo a partir de 15 mil euros, além de um depósito caução no valor de 5 mil euros. A devolução do depósito ocorre assim que a reforma estiver concluída.

“Sambuca é uma cidade extraordinária. A terra fértil é apelidada de ‘paraíso terrestre’. A cidade localiza-se dentro de uma reserva natural, rica em história. É uma cidade com praias lindíssimas, florestas e montanhas. Por ser silenciosa e tranquila, é um lugar idílico para uma temporada de repouso. Não podemos perder a herança árabe, que enriquece tanto nossa história. Felizmente, os estrangeiros estão nos ajudando na tarefa de resgatar a cidade”, disse Cacioppo.

Fontes:
The Guardian- Italian town puts dozens of homes on market for as little as €1

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *