Início » Notícia » Cinco dicas para aprimorar a saúde intestinal
SAÚDE

Cinco dicas para aprimorar a saúde intestinal

Um intestino saudável e funcionando regularmente é essencial para manter o corpo afastado de uma vasta gama de doenças

Cinco dicas para aprimorar a saúde intestinal
Uma dieta rica em fibras é crucial para manter o intestino saudável (Foto: Pixabay)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A saúde intestinal é em grande parte determinada pelo microbioma intestinal, a vasta população de bactérias que vive em nosso intestino. Um intestino saudável é essencial para manter o corpo afastado de uma vasta gama de doenças.

Confira cinco dicas para manter o intestino saudável:

Olho na dieta

Pesquisas sugerem que uma dieta rica em fibras é crucial para manter o intestino saudável, pois essas bactérias decompõem as fibras em substâncias que possuem propriedades anti-inflamatórias. Porém, dietas ricas em sal, gordura saturada e carne vermelha podem levar ao aumento do risco de doenças inflamatórias.

“Bactérias específicas têm sido associadas ao câncer de intestino. Acreditamos que a manutenção delas provavelmente esteja ligada à dieta, porque você encontra taxas mais altas de câncer de intestino em locais com alto consumo de carne vermelha e níveis mais baixos em áreas onde as dietas se baseiam mais no alto teor de fibras”, diz o professor Philip Quirke, da Universidade de Leeds.

Siga o ritmo do seu intestino

Uma das principais causas de problemas intestinais, como constipação, é a interrupção do ritmo natural do corpo. “A atividade intestinal é normalmente maior quando você acorda e após cada refeição, especialmente após o café da manhã. Mas no mundo de hoje, muitas pessoas não dão tempo para isso. Em vez disso, atrasam os movimentos intestinais quando sentem um estímulo, porque estão correndo para fora de casa ou no trabalho. Isso pode levar a um intestino que não funciona regularmente. Então, quando você sentir vontade de ir [ao banheiro], você deve ir”, diz Maura Corsetti, da Universidade de Nottingham.

Reduzir o estresse

“O intestino está cheio de nervos e, durante períodos de estresse, eles liberam neurotransmissores que podem gerar inflamação no intestino. É sabido que o estresse piora muitas doenças, e esse é um dos caminhos pelos quais isso ocorre”, diz Elizabeth Mann, da Universidade de Manchester.

O exercício físico é um método eficaz para reduzir o estresse e tem um efeito positivo adicional na saúde intestinal.

Tome antibióticos somente quando for absolutamente necessário

Os antibióticos podem ser necessários para eliminar infecções, mas isso tem um custo: eles perturbam o equilíbrio normal das bactérias no intestino, eliminando muitos dos micróbios que trazem benefícios à saúde.

Amamente seu bebê

Como o microbioma intestinal é formado principalmente antes dos dois anos de idade, os padrões de alimentação na primeira infância desempenham um papel crucial na determinação da saúde intestinal na vida adulta.

Os cientistas dizem que há evidências de que os bebês que foram amamentados podem resultar em um intestino muito mais saudável, assim como uma dieta diversificada e saudável quando passam para alimentos sólidos.

“Isso é importante, porque se você não desenvolver um microbioma diverso no início da sua infância, poderá ter maior risco de doenças inflamatórias como asma e eczema”, diz Quirke.

Fontes:
The Guardian-Five ways to maintain healthy bowels

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Itanet Alimentação Fitness Saudável disse:

    Excelente reportagem sobre um assunto bastante interessante que são as dietas ricas em fibra. Acredito como na reportagem, que uma má alimentação, causa problemas sérios a nosso intestino. Parabéns pelo artigo e se você deseja saber mais, click aqui: http://bit.ly/receitas500locarb

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *