Início » Brasil » Coaf aponta que Fabrício Queiroz recebeu repasses de sua filha
RELATÓRIO DO COAF

Coaf aponta que Fabrício Queiroz recebeu repasses de sua filha

Novo relatório apontou que Nathalia Melo de Queiroz repassou 80% do total que recebeu enquanto era assessora de Jair Bolsonaro

Coaf aponta que Fabrício Queiroz recebeu repasses de sua filha
No período de junho a novembro de 2018, a conta de Nathalia (à direita) recebeu o total de R$101 mil (Foto: Instagram)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O novo relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), enviado ao Ministério Público do Rio de Janeiro (MP-RJ), revelou outras movimentações na conta da filha do Fabrício Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro. Nathália Melo de Queiroz também foi assessora do presidente Jair Bolsonaro (PSL) enquanto ele era parlamentar na Câmara dos Deputados.

No período de junho a novembro de 2018, a conta de Nathália recebeu o total de R$101 mil, entre os salários da Câmara e rendimentos. Deste valor, ela repassou R$29,6 mil para Fabrício Queiroz, que é 80% do total dos R$36,6 mil que recebeu como assessora de Jair Bolsonaro no período.

A primeira vez que o nome da Nathália apareceu em meio a esta polêmica foi quando outro relatório do Coaf apontou que seu pai movimentou R$1,2 milhão entre 2016 e 2017. O documento também identificou que ela repassou R$97,6 mil para Queiroz ao longo de 2016.

Relembre o caso

A polêmica em torno de Queiroz teve início após a Operação Furna da Onça, um desdobramento da Operação Lava Jato no Rio de Janeiro. No âmbito da operação, o Coaf divulgou um relatório no qual identificou movimentações financeiras de servidores e ex-servidores da Alerj e ainda de pessoas relacionadas a eles que não eram compatíveis com suas capacidades financeiras.

Segundo o relatório, as transações bancárias chegavam a R$ 1,2 milhão, feitas por oito funcionários que estavam ou estão lotados no gabinete de Flávio Bolsonaro na Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj).

Entre as transações atípicas identificadas estão R$ 24 mil depositados na conta da esposa de Jair Bolsonaro, Michelle Bolsonaro. Queiroz repetiu a informação divulgada pelo presidente eleito de que o valor se refere ao pagamento de parte de uma dívida de R$ 40 mil.

Leia mais: Ex-assessor de Flávio Bolsonaro diz que é um ‘cara de negócios’

Fontes:
O Globo-Filha de Queiroz repassou 80% de salário na Câmara para o pai, segundo Coaf

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *