Início » Vida » Ciência » De Niro é acusado de censura após tirar filme antivacina de festival
FILME POLÊMICO

De Niro é acusado de censura após tirar filme antivacina de festival

Documentário fala sobre uma suposta ligação entre as vacinas e o aumento do número de casos de autismo nos EUA

De Niro é acusado de censura após tirar filme antivacina de festival
Robert De Niro tem um filho autista (Foto: Wikimedia)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Um documentário controverso acusa os Centros de Controle e Prevenção de Doença (CDC), agência americana, de encobrir a ligação entre vacinas e o aumento de casos de autismo. O filme foi retirado do Festival de Cinema de Tribeca após sua inclusão na premiação gerar polêmica. Agora, os cineastas responsáveis pelo documentário estão acusando o festival de censura.

O co-fundador do festival é o ator Robert De Niro, que tem um filho autista. Um dia depois que ele defendeu que o documentário deveria ser exibido, ele declarou que mudou de opinião após rever o documentário com colegas e especialistas.

Leia também: Mais norte-americanos são contra vacinas
L
eia também: Teoria sobre vacinas causarem autismo pode estar ligada a surto de sarampo no Reino Unido

“Minha intenção em exibir este filme era dar uma oportunidade de debate sobre este assunto que é profundamente pessoal para mim e para minha família. Mas depois de revê-lo nos últimos dias com a equipe do festival e outras pessoas da comunidade científica, nós não acreditamos que ele contribua para discussões como eu esperava.”

Segundo o site especializado Deadline Hollywood, o diretor Andrew Wakefield e o produtor Del Bigtree, responsáveis pelo documentário, disseram que a retirada do filme do festival seria outro exemplo de como o poder das corporações censura a liberdade de expressão e a arte, mas que isso não negaria o mundo de ter acesso à verdade mostrada no filme.

O filme é dirigido e co-escrito por Wakefield, um ativista antivacinação, que era gastroentorologista, mas que teve sua licença médica revogada pelo conselho de medicina britânico.

 

 

Fontes:
The Washington Post-Robert De Niro accused of censorship after yanking anti-vaccine movie from film festival

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *