Início » Internacional » Dez fatos que marcaram o ano de 2013
RETROSPECTIVA 2013

Dez fatos que marcaram o ano de 2013

Relembre dez fatos que se destacaram nos noticiários do Brasil e do mundo no ano de 2013

Dez fatos que marcaram o ano de 2013
De protestos de rua a eleição do papa, 2013 foi um ano de acontecimentos importantes (Reprodução/Internet)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O ano de 2013 foi marcado por vários acontecimentos importantes. O Opinião e Notícia fez uma seleção de dez fatos que foram destaque nos noticiários este ano. Confira!

1) Eleição do papa

Em fevereiro deste ano, Joseph Ratzinger, o papa emérito Bento XVI, surpreendeu o mundo católico ao anunciar sua renúncia. Começou então a corrida do Vaticano para eleger um novo pontífice.

Em março, o cardeal argentino Jorge Mario Bergoglio foi eleito e se tornou o papa Francisco. Ele é o primeiro papa da América Latina, continente com a maior população católica do mundo.

Francisco vem surpreendendo fiéis e até a própria Igreja Católica pela sua posição liberal em questões espinhosas como a homossexualidade. Entre as suas principais características estão a disposição enérgica para eventos longos, como a Jornada Mundial da Juventude, realizada em junho no Rio de Janeiro, e a proximidade que mantém com os fiéis.

Leia mais: Cardeais elegem um papa argentino

2) A morte de Hugo Chávez

Líder controverso e criador do chavismo, o venezuelano Hugo Chávez morreu em março deste ano. Ele lutava contra o câncer desde 2011.

Admirador fervoroso de Símon Bolívar, Chávez implantou políticas socialistas que levaram a Venezuela à beira do caos, deixando o país totalmente dependente das importações de petróleo e alimento. Em seu lugar foi eleito Nicolás Madura, também adepto do chavismo.

Leia mais: Morre Hugo Chávez, presidente da Venezuela

3) Atentado à Maratona de Boston

Uma das maratonas mais famosas do mundo, a Maratona de Boston, nos EUA, foi alvo de um atentado terrorista em abril deste ano.

Nascidos na Chechênia, os irmãos muçulmanos Tamerlan Tsarnaev, de 26 anos, e Dzhokhar Tsarnaev, de 19 anos, usaram duas panelas de pressão para construir bombas caseiras. As explosões deixaram três mortos e 183 feridos.

Tamerlan morreu durante a perseguição policial. Ferido, Dzhokhar foi capturado, preso e aguarda julgamento.

Leia mais: Explosões deixam dois mortos e dezenas de feridos na Maratona de Boston

4) Protestos

Em junho de 2013, uma enorme onda de protestos de rua varreu o Brasil e foi notícia nos principais jornais estrangeiros.

O estopim das manifestações foi o aumento das passagens dos transportes públicos, cujo serviço é considerado precário pela maioria da população. Os protestos se espalharam pelas principais capitais do país, como São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre, sempre com os lemas “Vem Pra Rua” e “Não é pelos 20 centavos”.

A revolta popular foi a maior desde os protestos dos Cara-pintadas, que em 1992 exigiam o impeachment de Fernando Collor.

Leia mais: Protestos se espalham pelas principais capitais do Brasil

5) Espionagem americana

Em junho deste ano, o ex-funcionário da NSA, Edward Snowden, revelou ao jornalista britânico Glenn Greenward, do Guardian, um programa de monitoramento do governo americano que permitia espionar registros de usuários de mídias sociais, recolher informações online e até telefônicas.

Segundo as denúncias de Snowden, vários países foram espionados pelos EUA. A revelação causou ultraje e gerou impasses dimplomáticos. China, Alemanha, Brasil e México foram alguns dos países espionados pelos EUA que cobraram explicações do presidente americano Barack Obama. A espionagem americana foi, sem dúvida, um dos principais assuntos de 2014. Atualmente, Snowden está na Rússia, tentando obter asilo político de algum país.

Leia mais: Revelada identidade de fonte que divulgou programa de vigilância nos EUA

6) Ataque ao shopping Westgate

Em setembro deste ano Nairóbi, a capital do Quênia, foi palco de um ataque terrorista que deixou 72 mortos e cerca de 180 feridos.

Referência de lazer entre a classe alta da capital, o shopping Westgate foi invadido e sitiado pelo grupo terrorista de origem somali Al-Shabab (A juventude, em árabe), uma ramificação da Al Qaeda. Durante quatro dias terroristas e força militares se enfrentaram dentro do shopping, onde havia dezenas de reféns.

Analistas classificaram o ataque do grupo como uma tentativa de fomentar o ódio queniano contra imigrantes provenientes da Somália, fortalecendo assim o Al-Shabab.

Leia mais: Grupo radical mata 59 e mantém reféns dentro de shopping em Nairóbi

7) Tufão Haiyan

Em novembro deste ano, as Filipinas foram devastadas pelo tufão Haiyan. O tufão foi um dos mais fortes já registrados, atrás apenas do tufão Tip, que em 1979 atingiu o Japão.

Considerado um tufão de categoria cinco, o Haiyan deixou mais de 5 mil mortos e dezenas de milhares de feridos. Cidades inteiras foram destruídas, deixando milhares de pessoas desabrigadas.

Leia mais: Tufão Haiyan deixou mais de 5.200 mortos

8 ) Morte de Mandela

Em dezembro deste ano morreu o líder da luta contra o Apartheid, Nelson Mandela. Personalidade respeitada pelos esforços em prol da igualdade entre raças, Mandela morreu aos 95 anos, vítima de uma infecção pulmonar.

Mandela passou 27 anos na prisão, acusado de incentivar a greve. Foi solto em 1990, aos 72 anos, por ordem do então presidente Frederik de Klerk, com quem Mandela dividiu o prêmio Nobel da Paz. Em 1994, se tornou o primeiro presidente negro da África do Sul, cargo que exerceu até 1999.

O velório de Mandela durou dez dias e contou com a presença de mais de cem líderes mundias.

Leia mais: O adeus a Nelson Mandela

9) Mensalão

Em 2013, o julgamento do mensalão finalmente chegou ao final. Instaurado em 2007, o processo julgou o esquema de compra de votos de parlamentares praticado pelo governo. O esquema foi denunciado em 2005 por Roberto Jefferson.

Entre os principais acusados estavam membros da alta cúpula do PT, como José Dirceu e José Genoino, ambos presos este ano no Complexo Penitenciário da Papuda, em Brasília. Ao longo do julgamento, a figura do ministro do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, começou a ganhar notoriedade e admiração popular.

Leia mais: Condenados do mensalão se entregam à polícia

10) Guerra na Síria

Iniciada em 2011, a guerra da Síria chegou ao seu auge este ano. O conflito começou com uma onda de protestos contra o governo de Bashar Assad. Incentivada pela Primavera Árabe, a população do país pedia mais liberdade de imprensa, direitos humanos e uma nova legislação.

Este ano, a guerra na Síria foi destaque nos principais noticiários e uma das maiores preocupações entre líderes mundiais. Até o momento, não há previsão otimista para o fim do conflito, cujas mortes já ultrapassam 100 mil.

Leia mais: Relatório da ONU fala em ‘crimes contra a humanidade’ na Síria

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

4 Opiniões

  1. olbe disse:

    De bom só sobrou a eleição do Papa Francisco. Rezemos pra que 2014 venha com melhores noticias!
    PAZ no MUNDO!!!!!

  2. Afonso Schroeder disse:

    Mudanças que estamos vivenciando em nosso Brasil jamais vistas em sua história, é voltando uns 15 anos se verifica uma linguagem corriqueira onde só se falava em desemprego, inflação os menos esclarecidos ocultados pela elite econômica-politiqueira, e ainda existem uns poucos não querer enxergar as mudanças para melhor de todo povo brasileiro onde vemos falta de mão de obra, inflação sob controle, educação, saúde a cada dia buscando os aperfeiçoamentos institucionais e as empresas privadas sadias nunca na história ganharam tanto como nestes últimos 13 (treze anos), oxalá que a maneira e forma da equipe de governar continue a sim, buscando cada vez mais a integração de todos e principalmente da camada que antes de 2003 simplesmente era ocultada.

  3. raimundo trindade disse:

    E AS MELHORES COISAS QUE ACONTECERAM NO BRASIL?, SEM ESQUECER QUE MARINA PASSOU PARA O PSB E ESTÁ ENGESSADA, SE FERROU, NÃO PODERÁ DISPUTAR A PRESIDÊNCIA DA REPÚBLICA, AGORA SÓ RESTA DISPUTAR A PRESIDÊNCIA DA …………… BOCA DO ACRE….
    SIM, MAS NÃO ERA ELA QUE DEFENDIA AS VERDINHAS? ESTOU FALANDO DE ( FLORESTAS)

  4. Áureo Ramos de Souza disse:

    LAMENTÁVEL A MORTE DE TATA MADIBA (NELSON MANDELA). SOU EVANGÉLICO MAS O PAPA É UMA BENÇÃO, A PRISÃO DOS MENSALEIROS FOI UMA BELEZA, AS MANIFESTAÇÕES FOI UMA BELEZA E QUE VOLTE EM 2014 E VERGONHA DOS EUA NO CASO DOS MONITORAMENTO DOS PAÍSES ( QUE VERGONHA)

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *