Início » Internacional » Ebola deixa crianças órfãs no Congo
SURTO DE EBOLA

Ebola deixa crianças órfãs no Congo

Cerca de 4 mil crianças ficaram órfãs ou foram deixadas desacompanhadas por conta da epidemia de ebola no país

Ebola deixa crianças órfãs no Congo
Muitas crianças vêm sendo discriminadas por suspeita de infecção (Fonte: Reprodução/UNICEF/UN0229507/Naftalin)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Cerca de 4 mil crianças ficaram órfãs ou foram deixadas desacompanhadas na República Democrática do Congo por conta da epidemia de Ebola. A informação foi divulgada pelo Fundo das Nações Unidas para a Infância (Unicef).

O surto de ebola vem se espalhando em duas províncias da parte leste do Congo desde agosto de 2018. Mais de 1.800 pessoas já morreram em decorrência da doença.

Ainda de acordo com o Unicef, mais de 1.300 crianças perderam um ou ambos os pais por conta do ebola desde o início do surto e mais de 1.400 foram separadas de seus pais e deixadas sozinhas enquanto seus responsáveis são submetidos a tratamentos ou estão isolados por risco de terem sido contaminados.

Muitas crianças precisam de ajuda alimentícia e também vêm sendo discriminadas por suspeita de infecção. Algumas crianças estão instaladas em creches que operam nas proximidades dos centros de tratamento da doença.

O Unicef alerta para o rápido aumento do número de crianças órfãs ou desacompanhadas no Congo e solicita mais ajuda internacional para o país.

Fontes:
EBC - Unicef alerta que crianças no Congo ficaram órfãs devido ao ebola

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *