Início » Economia » Internacional » EUA irão enviar US$ 212 milhões à Gaza
Oriente Médio

EUA irão enviar US$ 212 milhões à Gaza

Anuncio foi realizado pelo secretário americano de Estado, John Kerry, durante uma conferência no Cairo. Ele incitou a israelenses e palestinos a retomarem as negociações de paz

EUA irão enviar US$ 212 milhões à Gaza
John Kerry cumprimenta o presidente da Autoridade Palestina, Mahmoud Abbas, durante conferência no Cairo (Reprodução/POOL/REUTERS)

Os Estados Unidos anunciaram no último domingo, 12, o envio de US$ 212 milhões à Faixa de Gaza, como parte de um esforço internacional para reconstruir a região após os conflitos que duraram 50 dias entre o início de julho e o fim de agosto. O anúncio foi realizado pelo secretário de Estado americano, John Kerry, durante uma conferência no Cairo.

Leia mais: EUA cobram maior atuação da Turquia contra o ISIS
Leia mais: Campanha radical do Estado Islâmico é alimentada por armas dos EUA

“O povo de Gaza precisa de nossa ajuda desesperadamente. Não amanhã, nem na semana que vem, mas agora”, afirmou Kerry, que também solicitou a israelenses e palestinos a retomada das negociações de paz, interrompidas desde abril. “O cessar-fogo não é a paz. Temos que voltar à mesa de negociações e ajudar os dois lados a tomarem decisões difíceis, mas verdadeiras”.

O secretário-geral das Nações Unidas, Ban Ki-moon, afirmou durante o encontro que visitará Gaza na próxima terça-feira, 14, após se reunir como o primeiro-ministro palestino, Rami Hamdallah, na Cisjordânia, e com o primeiro-ministro israelense, Benjamin Netanyahu, em Jerusalém, em uma reunião que também contará com a presença do presidente de Israel, Reuven Rivlin.

Durante o evento, a comunidade internacional foi convocada a superar o ceticismo em relação à Faixa de Gaza e atender ao pedido de ajuda financeira da Autoridade Palestina, que pretende arrecadar US$ 4 bilhões.

Fontes:
O Globo-Estados Unidos anunciam envio de US$ 212 milhões à Faixa de Gaza

1 Opinião

  1. edelvio coelho lindoso disse:

    Após 50 dias de humanicídio em Gaza, com 2300 desencarnados.imediatamente os EUA jogaram no colo de sion, US$85 milhões, para substituição de munição gasta por israel. Um mata eo outro fatura. Bravo. Duvido que judeus queiram Paz, mas é simples. Palestinos aceitam fronteiras de 1967; Construções abusivas na Cisjordânia, que fiquem intocáveis, para diluir um pouco o prejuizo canalha à si impingido. Criação do Estado Palestino com todos os benefícios internacionais que sucedem tais fatos. Autonomia total ao Estado protegido por suas fronteiras, o que inclúi Forças Armadas, Porto e mar respeitados na sua legalidade, ai também seu espaço aéreo. E almejo retidão moral a vizinho tão belicoso.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *