Início » Brasil » Hasselmann indica que Planalto tem ‘puxadinho’
EM ENTREVISTA AO RODA VIVA

Hasselmann indica que Planalto tem ‘puxadinho’

‘Nunca houve tanta interferência de família dentro de um poder, nem na época do Sarney’, disse a deputada, em referência aos filhos do presidente

Hasselmann indica que Planalto tem ‘puxadinho’
Joice Hasselmann já tinha alertado para o ‘puxadinho’ durante crise entre Bolsonaro e Bebianno (Foto: Luis Macedo/Câmara dos Deputados)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A deputada federal Joice Hasselmann (PSL-SP) apontou uma constante interferência dos três filhos do presidente Jair Bolsonaro nas ações do governo. As afirmações da parlamentar foram transmitidas na última segunda-feira, 21, em entrevista ao programa Roda Viva, da TV Cultura.

No último mês de fevereiro, durante a crise entre o clã Bolsonaro e o então ministro Gustavo Bebianno, Hasselmann já tinha chamado a atenção para a influência de Eduardo, Flávio e Carlos nas decisões do governo.

Na época, a parlamentar alertou para que se tomasse cuidado “para não fazer puxadinho da Presidência da República dentro de casa”. Agora, Hasselmann foi mais enfática, apontando diretamente as constantes interferências do deputado federal Eduardo Bolsonaro (PSL-SP), do senador Flávio Bolsonaro (PSL-RJ) e do vereador Carlos Bolsonaro (PSC-RJ).

“Muitas vezes eu disse ao presidente: ‘Me ajude a te ajudar’. Fazer puxadinho do Palácio do Planalto familiar não vai funcionar, isso não é bom para ninguém. Nunca houve tanta interferência de família dentro de um poder, nem na época do Sarney. Isso é perigoso para o país”, destacou Hasselmann durante a entrevista ao programa Roda Viva.

A parlamentar sempre se posicionou como uma aliada próxima a Bolsonaro. Até a semana passada, Hasselmann ocupava a posição de líder do governo no Congresso, quando foi substituída pelo deputado federal Eduardo Gomes (MDB-TO). Um dos principais motivos seria seu constante embate com os filhos do presidente.

Na última semana, durante a disputa entre Eduardo Bolsonaro e Delegado Waldir (PSL-GO) pela liderança do PSL na Câmara, Hasselmann assinou a lista que indicava Waldir para o cargo. O posicionamento foi visto pela ala bolsonarista do partido como uma espécie de “traição”. Isso levou Hasselmann a trocar farpas com Eduardo e Carlos Bolsonaro pelas redes sociais.

Apesar das trocas de acusações com os filhos do presidente Jair Bolsonaro, Joice Hasselmann manteve o posicionamento de fidelidade ao presidente. A parlamentar garantiu que continua ao lado de Bolsonaro, mas alertou para os perigos de sempre sair em defesa de seus filhos.

“Nessa mania de transformar os aliados em inimigos, o presidente pode acabar ficando sozinho […] É o presidente de todos. E eu quero que o nosso presidente se comporte como um estadista. […] Se o presidente cumprir as pautas da campanha, de combate à corrupção, das agendas reformistas, eu vou estar do lado”, garantiu a deputada.

Milícia digital

Outro assunto abordado no programa foi a ação de “milícias digitais” para atacar membros do PSL e disseminar notícias falsas contra a base aliada. De acordo com Joice Hasselmann, existem pelo menos 20 perfis no Instagram e 1,5 mil páginas no Facebook com esse propósito. Parte dessa operação seria comandada por assessores ligados aos filhos de Jair Bolsonaro.

“Quando você tem assessor de deputado, pago com dinheiro público, fazendo memes e ataques virulentos, sendo bancado com dinheiro público, não parece que isso passe perto da moralidade. […] Tem alguns perfis, que já estão identificados, que inclusive fazem parte, estão ou estiveram nas mãos de assessores dos meninos, do Flávio, do Eduardo e do Carlos. […] Através dos ataques que foram feitos a mim, eu comecei a mapear”, afirmou a parlamentar.

Fontes:
O Globo-Joice Hasselmann diz que Planalto tem 'puxadinho' e que Bolsonaro pode acabar sozinho
Estadão-Joice Hasselmann diz que há ‘time de fake news’ no entorno do clã Bolsonaro

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *