Início » Economia » Internacional » Japão enfrenta pior surto de sarampo em dez anos
SAÚDE

Japão enfrenta pior surto de sarampo em dez anos

Assim como em outras partes do mundo, aumento no número de casos da doença no Japão foi impulsionado pela atuação de grupos antivacina

Japão enfrenta pior surto de sarampo em dez anos
Desde o início do ano, mais de 170 casos de doenças foram registrados no país (Foto: Pixabay)

O Japão enfrenta sua pior crise de sarampo dos últimos dez anos. Apesar de inúmeros alertas globais da ONU, os esforços para o combate da doença têm sido prejudicados devido ao grande ceticismo e de pessoas que optam por não vacinarem seus filhos, sob a alegação de que a vacina impede que o corpo desenvolva proteções naturais.

Desde o início do ano, mais de 170 casos de doenças foram registrados no Japão, afetando 20 das 47 prefeituras do país. De acordo com o Instituto Nacional de Doenças Infecciosas, o maior número de casos (49) foi registrados em Mie, seguido por Osaka, com 47.

Mais da metade dos casos de Mie envolveram membros do grupo religioso Kyusei Shinkyo. O grupo acredita que os medicamentos são prejudiciais e defendem a purificação do corpo e espírito. Após a constatação de surto de sarampo, o grupo pediu desculpas e afirmou que colaboraria com as autoridades de saúde.

O Ministério da Saúde japonês exortou a população a tomar com urgência a vacina e pediu a hospitais e centros médicos que tomem ações preventivas.

O sarampo é uma doença contagiosa e, se não tratada, seus sintomas podem evoluir para pneumonia e perda de visão. Segundo a Organização Mundial de Saúde (OMS), a doença continua sendo uma das principais causas de morte de crianças. No entanto, ela pode ser facilmente prevenida com as duas doses de vacina que são utilizadas desde 1960.

No início deste mês, a OMS afirmou que o ceticismo e a falta de acesso a cuidados de saúde foram os principais motivos para o aumento de 50% em casos de sarampo em todo o mundo no ano de 2018. Além disso, a OMS afirmou que o movimento antivacina é uma ameaça global para o ano de 2019.

“Nossos dados estão mostrando que há um aumento substancial nos casos de sarampo. Estamos vendo isso em todas as regiões. Estamos tendo surtos que são prolongados e que estão crescendo. Este não é um problema isolado”, disse Katherine O’Brien, diretora de imunização, vacinas e produtos biológicos da agência da ONU.

Especialistas também atribuem parte do aumento no número de casos em países desenvolvidos à complacência e alegações infundadas, que ligam a vacina contra o sarampo ao autismo.

A difusão de ideias equivocadas sobre a imunização por parte de grupos antivacina ao redor do mundo ganhou força nos últimos anos e abrange todas as camadas sociais. Nos Estados Unidos, por exemplo, recentemente a esposa de chefe de comunicação de Donald Trump gerou polêmica ao declarar no Twitter que apoia movimento antivacina. Darla Shine, esposa do chefe de comunicação da Casa Branca, Bill Shin, classificou como “fake news” e “histeria” uma reportagem da CNN que chamava atenção para o aumento no número de casos de sarampo nos EUA.

Fontes:
The Guardian-Japan battles worst measles outbreak in a decade

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *