Início » Economia » Internacional » Melhores lugares para apreciar a aurora boreal
FENÔMENO LUMINOSO

Melhores lugares para apreciar a aurora boreal

Fenômeno luminoso pode ser observado durante meses de inverno no hemisfério norte, em uma faixa que se estende do Alasca até a Rússia

Melhores lugares para apreciar a aurora boreal
Quem batizou as auroras boreais foi Galileu Galilei, em 1619 (Foto: Pixabay)

Muitas interpretações são dadas para as auroras boreais. O fenômeno luminoso pode ser observado durante meses de inverno, em uma faixa que se estende pelo Alasca, Canadá, Noruega, Finlândia, Islândia, Groelândia e Rússia.

As explicações científicas afirmam que partículas eletricamente carregadas – prótons, elétrons e núcleos de hélio – são direcionadas pelo campo magnético para regiões polares, onde se chocam com camadas altas da atmosfera, emitindo, assim, energia em forma de luz.

Quem batizou as auroras boreais foi Galileu Galilei, em 1619, utilizando o nome da deusa grega do amanhecer, Aurora e de Bóreas, que significa “O vento do norte”. De acordo com especialistas, os melhores momentos para apreciar uma aurora boreal são entre os meses de outubro a março, com exceção da Groelândia, onde o fenômeno se inicia apenas em agosto. A maior concentração de auroras boreais fica localizada em uma área oval que coincide com os círculos polares.

Noruega

Um dos melhores lugares para observar a aurora boreal é no norte de Noruega, em Tromsø. Algumas ilhas e cidades na província de Finnmark têm vôos diários, saindo a partir de Oslo, hotéis e serviços que são especializados para a contemplação do fenômeno.

Islândia

Ao longo dos anos, a Islândia recebe muitos turistas – uma média de 2,2 milhões no ano de 2017 – atraídos pelas espetaculares cascatas e geleiras, onde seus planaltos de lava petrificada, vulcões e lagos termais são marcos da ilha. As condições climáticas no inverno são duras e estradas fecham por conta do mau tempo. Porém, as auroras boreais são facilmente vistas no norte da ilha, pelo farol de Grótta, em Seltjarnarnes, ou no morro de Oskjuhlid. Uma outra possibilidade é ir para áreas rurais observar o fenômeno. Alguns hotéis oferecem um serviço em que, quando a aurora boreal aparece no meio da noite, o cliente é acordado para não perder a contemplação.

Finlândia

Segundo o último relatório da ONU, a Finlândia, o pais mais feliz do mundo, reúne as melhores condições para ver as auroras boreais. De acordo com uma lenda japonesa, quando pessoas se abraçam sob a luz da aurora, lhe é proporcionado boa sorte e o nascimento de muitos filhos. Por causa disso, muitos casais nipônicos escolhem a Finlândia para a lua de mel. Hotéis oferecem alojamentos em iglus, feitos de vidro térmico, para ver as luzes do norte, sem deixar o conforto de suas camas.

Groenlândia

O povoado de Kangerlussuaq, costa oeste da Groenlândia, tem 300 dias de céu limpo por ano e o único aeroporto internacional da ilha, tornando-se um dos melhores lugares do mundo com maior probabilidade de observação de auroras boreais. No vilarejo de Ilulissat, com uma média de 4.700 habitantes, localiza-se o hotel Arctic, dono do fiorde gelado de Ilulissat, declarado patrimônio mundial pela Unesco.

Canadá e Alasca

O Canadá reúne cidades cosmopolitas e territórios quase inexplorados, com mais de 200 espaços naturais, que abrangem a cordilheira das Cascatas até o parque nacional das Mealy Mountains, na península de Labrador. Na fronteira com o Alasca, os amantes das auroras boreais são atraídos durante o inverno.

Fontes:
El País-Quando e onde ver auroras boreais

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *