Início » Economia » Internacional » Nestlé lança hambúrguer 100% vegano
CURIOSIDADE

Nestlé lança hambúrguer 100% vegano

Feito à base de soja, trigo e vegetais, o hambúrguer é uma aposta da empresa para conquistar adeptos do crescente mercado de alimentos livres de carne

Nestlé lança hambúrguer 100% vegano
O 'Incrível Hambúrguer Vegano' começa a ser vendido nos EUA e na Europa neste mês (Foto: Divulgação/Nestlé)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O grupo suíço Nestlé anunciou nesta terça-feira, 3, o lançamento de um hambúrguer vegano nos Estados Unidos e Europa.

O hambúrguer começa a ser vendido neste mês de abril e visa conquistar consumidores do crescente mercado de alimentos livres de carne.

A ideia da empresa é seguir a nova tendência dos consumidores que optaram por reduzir o consumo de carne vermelha e de frago. O “Incrível Hambúrguer Vegano” fará parte da linha Garden Gourmet, lançada recentemente.

O hambúrguer será feito à base de proteína de soja, trigo e plantas naturais que ajudam a criar a aparência de um hambúrguer de carne, antes e depois do cozimento. Segundo o comunicado, o produto será comercializado a partir de abril na Europa, chegando à Áustria, Bélgica, Dinamarca, Finlândia, Alemanha, Noruega e Suécia.

Futuramente o “Incrível Hambúrguer Vegano” será lançado nos Estados Unidos sob a marca da Sweet Earth, uma fabricante de alimentos veganos.

Veganismo no mundo

É cada vez mais comum encontrar pessoas que modificaram seu estilo de vida para se adaptarem ao veganismo. Segundo um artigo publicado pela ONG Food Revolution, o volume de informações sobre o que é consumido é bastante extenso e acaba impactando diretamente os consumidores, alertando sobre as consequências com relação ao consumo de carne vermelha tanto, no organismo das pessoas que consomem, quanto no mundo.

Segundo o artigo, publicado em janeiro de 2018, foi observado um aumento de 600% no número de pessoas veganas nos Estados Unidos nos últimos anos. De acordo com os dados, apenas 1% dos americanos se consideravam veganos em 2014. Já em 2017, o percentual subiu para 6%.

A alteração do estilo de vida também gera um impacto de consumo dentro do país. Desde 2012, foi registrado um aumento de 61% nas vendas de leite vegetal. Em paralelo, a venda de leite animal vem sofrendo uma queda dentro do mercado.

Em comparação com a última década, houve um aumento 350% no número de pessoas veganas no Reino Unido, onde a pesquisa identificou que 3,25% dos adultos não comem mais carne animal e 1% não consomem mais nada de origem animal. Em Portugal, o número de veganos cresceu 400% em apenas dez anos.

Por que as pessoas se tornam veganas?

A escolha de se tornar vegano é resultante de uma grande preocupação com a saúde, meio ambiente e vida de animais. Os veganos questionam como produtos são produzidos, quais materiais são utilizados e qual rede de trabalho é envolvida.

O veganismo difunde a ideia de valor à vida em qualquer de suas formas. Devido a isso, diversos produtos estão sendo desenvolvidos para atender a essa tendência. Segundo o estilo de vida, os animais não sofrem apenas em abatedouros, visto que diversas empresas utilizam os mesmos para a realização de testes de produtos.

O veganismo também conta com a ajuda de diversas pessoas que são consideradas “influenciadores digitais”. Alguns ícones e celebridades já vestiram a camisa do veganismo, despertando curiosidade e interesse pelo assunto, dissipando a filosofia de vida que cada vez mais revela que não é passageira.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *