Início » Brasil » Por reforma, governo promete R$ 40 milhões em emendas para deputados
REFORMA DA PREVIDÊNCIA

Por reforma, governo promete R$ 40 milhões em emendas para deputados

Segundo a ‘Folha’, líderes de cinco partidos confirmaram ter recebido a proposta do ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, para votar a favor da reforma

Por reforma, governo promete R$ 40 milhões em emendas para deputados
Porém, segundo os líderes consultados, nenhum acordo foi celebrado (Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O governo federal pode liberar R$ 40 milhões extras em emendas parlamentares, até 2022, a deputados que votarem em favor da reforma da Previdência. A informação foi revelada pela Folha de São Paulo, nesta quarta-feira, 24.

Segundo apurou o jornal, a proposta aos parlamentares foi feita na residência do presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), pelo ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni.

Técnicos ouvidos pela Folha, não existe a previsão legal de “emendas extraorçamentárias”, mas a prática é comum entre políticos.

A reportagem da Folha confirmou a proposta com políticos do DEM, PP, PSD, PR, PRB e Solidariedade, que não quiseram ter os nomes revelados. Questionamentos foram enviados à Casa Civil e à Presidência da Câmara, mas não foram respondidos. No entanto, segundo os parlamentares, apesar da proposta, nenhum acordo foi celebrado.

Atualmente, cada parlamentar tem direito a R$ 15,4 milhões anuais em emendas parlamentares. A proposta elevaria o valor para R$ 25,4 milhões por ano até 2022. Lorenzoni não detalhou aos deputados qual seria a fonte da verba.

O governo Bolsonaro tem se empenhado em garantir a aprovação da reforma da Previdência ainda este ano. No entanto, o governo tem encontrado dificuldades ainda na fase inicial de tramitação. O relatório pela aprovação da reforma só foi aceito pela Comissão de Constituição e Justiça na última terça-feira, 23, após discussões e adiamentos. Agora, a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) será analisada por uma comissão especial.

De acordo com uma pesquisa Datafolha publicada no início de abril, o governo também vai encontrar dificuldade para garantir o apoio popular à reforma. Segundo a pesquisa, 51% dos entrevistados eram contrários à proposta, enquanto 41% se posicionaram a favor.

Leia também: Confira o que muda com a reforma da Previdência

Fontes:
Folha de São Paulo-Governo oferece R$ 40 mi em emendas para deputados que votarem pela reforma

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. carlos alberto martins disse:

    quem dá mais ou recebe mais no antro maquiavélico da corrupção que vende de bandeja seus parcos preconceitos da ética e da moral?quem paga a conta do esfola-gato são sempre as hienas populares.pobre a nação que tem preço de venda.

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *