Início » Brasil » Procuradoria da Alerj tem 42 funcionários fantasmas
RIO DE JANEIRO

Procuradoria da Alerj tem 42 funcionários fantasmas

Documento obtido pelo 'Globo' aponta que os funcionários estariam 'empregados' no departamento que cuida de questões da Alerj com a Justiça

Procuradoria da Alerj tem 42 funcionários fantasmas
Funcionários não foram vistos na Casa, mas receberam salário integral (Foto: Wikipédia)

A Assembleia Legislativa do Rio de Janeiro (Alerj) é suspeita de ter pelo menos 42 funcionários fantasmas. A informação foi divulgada pelo jornal Globo, com base em constatações feitas por duas procuradoras da própria Casa – que tem sido alvo de investigações devido a movimentações suspeitas de deputados e servidores.

Segundo o jornal, os funcionários fantasmas estariam “empregados” no departamento que cuida de questões da Alerj com a Justiça. As procuradoras Denise Okada Ahmed e Fátima Maria Amaral se recusaram a assinar 42 folhas de ponto de servidores que, supostamente, estariam lotados no órgão.

Em comunicado enviado à direção-geral da Alerj, em 26 novembro do ano passado, as procuradoras afirmaram que receberam “uma enorme quantidade de cartões de ponto de servidores que não se encontram desempenhando funções neste local”. Elas destacaram ainda que a quantidade de cartões supera a capacidade da Alerj, que não conseguiria abrigar um número tão alto no espaço destinado à Procuradoria. No comunicado, obtido pelo jornal, consta que esses funcionários receberam salário integral, mesmo não sendo vistos no mês de novembro na Procuradoria.

O comunicado foi entregue ao diretor-geral da Alerj, José Geraldo Machado, e ao presidente em exercício da Casa, o deputado estadual André Ceciliano (PT-RJ). Ceciliano afirmou que, após ter recebido a denúncia das procuradoras, instalou um processo administrativo para apurar o caso. Segundo ele, o resultado será apresentado até o final deste mês.

“Assim que identificarmos a real situação desses servidores, vamos tomar as providências necessárias. O que, por vezes ocorre, é que um servidor lotado em algum departamento da Alerj, na realidade, atua em outro setor. Não estou dizendo que é isso o que há neste caso específico dos 42 servidores da Procuradoria, mas é uma possibilidade”, disse Ceciliano.

Fontes:
O Globo-Procuradoria da Alerj tem 42 funcionários fantasmas

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

1 Opinião

  1. Fernando MARNE DE Mello disse:

    OLHA SO DE ONDE É O DIRETOR GERAL DA ALERJ!!!!

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *