Início » Brasil » Projeção do PIB de 2019 cai para menos de 1%
ECONOMIA

Projeção do PIB de 2019 cai para menos de 1%

Em contraponto, a estimativa da taxa básica de juros para 2019 caiu para 5,75%, abaixo da meta de 6,5% fixada para o ano

Projeção do PIB de 2019 cai para menos de 1%
Quando a taxa básica de juros cai, o crédito fica mais barato (Foto: EBC)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A projeção do mercado financeiro para a expansão da economia em 2019 caiu para 0,93% – chegando pela primeira vez ao patamar abaixo de 1%, em sua 16ª semana de quedas consecutivas.

A projeção para 2020 também foi reduzida, caindo de 2,23% para 2,20%. Já para 2021, a estimativa de expansão do PIB foi mantida em 2,50%. A estimativa foi divulgada no Boletim Focus desta segunda-feira, 17.

Em contraponto ao corte na projeção do PIB, a projeção da inflação para o ano também caiu, de 3,89% para 3,84. Para os anos de 2020 e 2021, as projeções foram mantidas em 4% e 3,75%, respectivamente.

A taxa básica de juros para 2019 também caiu, chegando a 5,75%, abaixo da meta de 6,5% fixada para o ano. Para 2020, a projeção caiu de 7% para 6,5%, enquanto a de 2021 foi mantida em 7%.

A taxa básica de juros, a Selic, é uma ferramenta do Banco Central (BC) para controlar a inflação e é fixada pelo Comitê de Política Monetária (Copom). Quando o Copom reduz a Selic, o crédito fica mais barato, o que estimula o consumo e aquece a economia. Já quando o Copom aumenta a Selic, encarece o crédito, o que estimula a poupança.

O Boletim Focus é uma publicação semanal elaborada com base em estudos de mais de 100 instituições financeiras sobre os principais indicadores econômicos. Ele é divulgado às segundas-feiras, pelo BC, em Brasília.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *