Início » Brasil » São Paulo aprova proibição de canudos plásticos
MEIO AMBIENTE

São Paulo aprova proibição de canudos plásticos

Projeto de lei visa reduzir a poluição provocada pelo uso e descarte de material plástico. Governo tem 12 meses para regulamentar totalmente a lei

São Paulo aprova proibição de canudos plásticos
Os canudos de plástico serão substituídos por canudos de materiais recicláveis (Foto: Pixabay)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

A Assembleia Legislativa de São Paulo aprovou, na última quinta-feira, 13, a proibição do uso de canudos em bares, hotéis, restaurantes e outros estabelecimentos. A proibição está prevista no projeto de lei 631/2018, de autoria do deputado estadual Rogério Nogueira (DEM).

Agora, o governo de São Paulo tem até 12 meses para a regulamentação total da lei, que visa reduzir a poluição provocada pelo uso e descarte de material plástico.

De acordo com o texto do projeto, os canudos de plástico serão substituídos por canudos de papel reciclável, material biodegradável ou comestível, e embalados individualmente com o mesmo material.

Canudos vetados em outras cidades

Em julho de 2018, o Rio de Janeiro se tornou a primeira capital brasileira a proibir o uso de canudos de plástico. A lei foi sancionada pelo prefeito da cidade, Marcelo Crivella.

Segundo o site Cidades Inteligentes, diferentes cidades já aderiram à proibição do uso de canudos plásticos, como Goiânia (GO), Rondonópolis (MT), Porto Alegre (RS) e Joinville (SC), além do arquipélago de Fernando de Noronha (PE) e do Distrito Federal.

Fontes:
G1-SP aprova lei que proíbe fornecimento de canudinhos de plástico em bares, padarias e restaurantes em todo o estado

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *