Início » Economia » Internacional » Saúde dos EUA é a pior entre 11 países desenvolvidos
Ranking dos desenvolvidos

Saúde dos EUA é a pior entre 11 países desenvolvidos

Segundo relatório feito pela Commonwealth Fund, saúde nos EUA peca em eficiência, equidade e resultados

Saúde dos EUA é a pior entre 11 países desenvolvidos
Reforma do sistema público de saúde nos EUA terá de incluir o acesso aos menos favorecidos (Reprodução/AP)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Mesmo sendo o mais caro, o sistema de saúde dos Estados Unidos é o pior dentre 11 países desenvolvidos analisados no relatório deste ano da organização Commonwealth Fund. É A quinta vez consecutiva que os americanos ocupam a última posição no ranking.

Para fazer o ranking a organização analisou dados da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Econômico ou Econômico (OCDE) e da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Além dos EUA, foram avaliados os sistemas de saúde da França, Grã-Bretanha, Austrália, Alemanha, Canadá, Suécia, Nova Zelândia, Noruega, Holanda e Suíça. Todos eles apresentaram um desempenho superior ao norte-americano nos quesitos qualidade de atendimento, acesso a médicos e equidade de acesso em todo o país.

Para a fundação, apesar dos altos investimentos na pasta, os EUA são os piores em termos de “eficiência, equidade e resultados”. Logo, conforme a análise, a verba investida não é proporcional ao serviço prestado à população.

Em meio à polêmica da reforma do sistema público de saúde nos EUA, uma das bandeiras do governo Obama, o relatório reforçou a necessidade de aumentar o acesso ao cidadão de menor poder aquisitivo. As disparidades no acesso aos serviços sinalizam a necessidade de ampliar o acesso ao seguro de saúde e garantir que todos os americanos tenham tratamento médico acessível em casa.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *