Início » Internacional » Trump anuncia nova regra para deter criança imigrante
ESTADOS UNIDOS

Trump anuncia nova regra para deter criança imigrante

Medida permitirá a detenção de crianças imigrantes ilegais por tempo indeterminado

Trump anuncia nova regra para deter criança imigrante
Nova regra deve provocar questionamentos na Justiça (Fonte: Reprodução/Flickr)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O governo americano anunciou nesta quarta-feira, 21, uma medida que permitirá a detenção de crianças imigrantes ilegais por tempo indeterminado.

A medida anunciada por Donald Trump substitui uma decisão judicial que estava em vigor nos EUA desde 1997, o chamado Acordo Flores, que determina que o governo não pode manter crianças em centros de detenção de imigrantes por mais de 20 dias, mesmo que estejam acompanhadas por responsáveis.

Trata-se de mais uma medida de repressão aos imigrantes que cruzam as fronteiras americanas em condições ilegais.

O diretor interino do Departamento de Segurança Interna dos EUA, Kevin K. McAleenan, afirmou, em comunicado, que a nova regra permitirá ao governo americano manter as famílias de imigrantes ilegais presas e a “integridade do sistema imigratório”.

A medida deve, no entanto, provocar questionamentos na Justiça. Em comunicado, o Ministério das Relações Exteriores do México afirmou que está “preocupado” com a medida e que o governo mexicano “estará atento à implementação das medidas e processos judiciais que possam surgir em torno de sua implementação”.

A nova regra anunciada pelo governo do presidente Donald Trump será publicada nesta semana e, teoricamente, entrará em vigor dentro de 60 dias. Funcionários do governo admitem, no entanto, que contestações na Justiça devem adiar sua aplicação.

Fontes:
O Globo - EUA anunciam medida que permitirá detenção de crianças imigrantes por tempo indefinido

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *