Início » Brasil » Trump elogia atuação de Bolsonaro na Amazônia
EM MENSAGEM NO TWITTER

Trump elogia atuação de Bolsonaro na Amazônia

Presidente americano diz que Bolsonaro e o Brasil têm o 'apoio total e completo’ dos EUA. Bolsonaro agradece e diz que campanha de fake news não prosperará

Trump elogia atuação de Bolsonaro na Amazônia
'Ele está fazendo um ótimo trabalho para o povo brasileiro', disse Trump (Foto: Flickr/Palácio do Planalto)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, usou sua conta no Twitter nesta terça-feira, 27, para expressar apoio ao seu homólogo brasileiro, Jair Bolsonaro, em decorrência da crise envolvendo as queimadas na Amazônia.

Trump disse que Bolsonaro tem “apoio total e completo” dos EUA e elogiou a atuação do brasileiro no combate às queimadas.

“Conheci bem o presidente Jair Bolsonaro por nosso relacionamento com o Brasil. Ele está trabalhando duro nos incêndios na Amazônia e, em todos os aspectos, está fazendo um ótimo trabalho para o povo brasileiro. Não é fácil. Ele e seu país têm o apoio total e completo dos Estados Unidos!”, escreveu Trump.

A postagem do americano foi respondida por Bolsonaro, através de uma postagem em inglês no Twitter. Bolsonaro disse que “o Brasil é seguirá sendo” referência internacional em desenvolvimento sustentável.

“Obrigado PR @realDonaldTrump! Estamos tendo grande sucesso no combate aos incêndios. O Brasil é e seguirá sendo exemplo para o mundo em desenvolvimento sustentável. A campanha de fake news fabricada contra nossa soberania não prosperará. Os EUA podem contar sempre com o Brasil”, escreveu Bolsonaro.

A troca de elogios ocorre num momento em que o presidente brasileiro é alvo de críticas ao redor do mundo por conta de sua política ambiental. Nesta terça-feira, Bolsonaro se reuniu com governadores da região da Amazônia Legal para tratar da crise ambiental. A reunião foi marcada a pedido dos líderes executivos estaduais para tratar dos focos de incêndio na região.

Na reunião, os governadores do chamado Consórcio Interestadual de Desenvolvimento Sustentável da Amazônia Legal defenderam a regularização fundiária e o Fundo Amazônia. Eles também defenderam que o Brasil aceite os US$ 20 milhões oferecidos pelos países do G7 para conter as queimadas – algo que o presidente brasileiro condicionou a um pedido de desculpas do presidente francês, Emmanuel Macron.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *