Início » Internacional » Trump repudia supremacia branca
APÓS CRÍTICAS

Trump repudia supremacia branca

Em novo pronunciamento, Trump diz que os EUA devem se unir contra o racismo, a intolerância e a supremacia branca

Trump repudia supremacia branca
‘Estas ideologias sinistras precisam ser vencidas’, disse o presidente americano (Foto: Flickr/The White House)

Pressionado pela oposição, mídia e opinião pública, o presidente americano Donald Trump repudiou supremacistas brancos e pediu uma ação urgente para acabar com a violência com armas.

“Em uma voz uníssona, nossa nação deve condenar o racismo, a intolerância e a supremacia branca. Estas ideologias sinistras precisam ser vencidas”, disse o presidente americano.

Porém, segundo noticiou o New York Times, Trump frustrou as expectativas de parlamentares democratas que esperavam que ele finalmente anunciaria apoio a medidas para um maior controle sobre as armas nos EUA – uma bandeira de longa dada dos democratas. Em vez disso, o presidente americano se limitou a pedir maior cooperação bipartidária em torno do assunto.

Trump também anunciou mais ações para conter transtornos mentais, combater a exposição à violência na mídia e em jogos de videogame. Ele também defendeu a pena de morte para quem cometer assassinatos em massa, a ser aplicada de forma rápida, e alertou para “os perigos da internet e das redes sociais” sem, no entanto, admitir seu próprio uso dessas plataformas para atiçar divisões políticas e raciais.

O novo pronunciamento de Trump foi dado em decorrência de dois ataques a tiros que deixaram um total de 29 mortos nos estados do Texas e de Ohio no fim de semana.

Pela manhã, o presidente abordou o assunto, mas foi duramente criticado por novamente não repudiar o racismo, a xenofobia e a supremacia branca. As críticas se deram porque o ataque no Texas tem fortes indícios de ter sido motivado por ódio racial, uma vez que, antes do ataque, o atirador divulgou um manifesto no qual disse que a ação era uma reposta ao que chamou de invasão latina no Texas.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *