Início » Vida » Comportamento » Turistas ainda se sentem inseguros em reservar viagens por smartphones
TURISMO E TECNOLOGIA

Turistas ainda se sentem inseguros em reservar viagens por smartphones

Apesar das tecnologias cada vez mais compatíveis com smartphones, os viajantes ainda preferem computadores para reservar e pagar por suas viagens

Turistas ainda se sentem inseguros em reservar viagens por smartphones
Por que as pessoas estão tão reticentes em pagar suas viagens pelos celulares? (Foto: Flickr)

Os smartphones mudaram a maneira como seus usuários viajam. Eles os usam para planejar viagens, como cartões de embarque em aviões, para guiá-los pelas cidades e, até mesmo, para encontrar um estranho disposto a ter relações sexuais a bordo.

No entanto, os turistas ainda hesitam em fazer reservas de viagens nos smartphones. Uma nova pesquisa da empresa de marketing Wolfgang Digital, divulgada pela Skift, examinou 87 milhões de acessos a sites online e mostrou que 57% das visitas a sites de turismo eram feitas por meio de celulares e tablets, com 42% realizadas em computadores. No entanto, em termos de receitas, 67% das reservas foram feitas por usuários de computadores.

Por que as pessoas estão tão reticentes em pagar suas viagens pelos celulares? Segundo uma teoria, quando reservamos algo tão caro como uma passagem aérea, várias alternativas são analisadas em relação ao melhor preço. É mais fácil comparar preços em diferentes telas. Mas agora que as agências de viagens online e sites de busca oferecem uma infinidade de opções, que funcionam tão bem em smartphones, o uso limitado desse dispositivo não se justifica mais.

Outra explicação refere-se ao custo da viagem. Não hesitamos em encomendar um livro durante a hora do almoço sentados tranquilos em um parque. Mas uma viagem cara é diferente. É possível estudar com atenção diversos destinos de turismo ao longo do dia nos celulares, mas antes de qualquer decisão, é preciso refletir bem e esperar ter acesso a um computador, talvez em casa, para reservar a viagem.

Fontes:
The Economist-Travellers are still unsure about booking trips on their smartphones

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *