Início » Brasil » Vale se torna alvo de ação coletiva em Nova York
BARRAGEM EM BRUMADINHO

Vale se torna alvo de ação coletiva em Nova York

Processo acusa a mineradora de mentir para investidores em relação ao compromisso com a segurança de seus trabalhadores

Vale se torna alvo de ação coletiva em Nova York
Até o momento, foram contabilizados pelo menos 60 mortos e 300 desaparecidos (Foto: Wikipédia)

A mineradora Vale se tornou alvo de uma ação pública coletiva (class action, em inglês) em um tribunal de Nova York, EUA, na noite da última segunda-feira, 28.

A ação tem como alvo a mineradora, o diretor financeiro, Luciano Siani, e o presidente da empresa, Fábio Schvartsman – este último alçado ao cargo na mineradora por influência do senador e deputado federal eleito Aécio Neves (PSDB-MG), segundo a delação premiada de Joesley Batista, dono da JBS.

O processo acusa a mineradora de mentir para investidores em relação ao compromisso com a segurança de seus trabalhadores. A acusação tem com base o rompimento da barragem de Brumadinho, Minas Gerais.

A ação é coordenada pelo Rosen Law, um renomado escritório de advocacia, especializado em defesa de interesses de investidores. Ela foi protocolada por Bryan Rauch.

Segundo o processo, decisões equivocadas e omissões por parte da Vale, Schvartsman e Siani resultaram em perdas significativas para investidores da mineradora, uma vez que a empresa já vinha sendo alertada para o risco de novos rompimentos de barragens desde a tragédia de Mariana, em 2015.

Em 2017, a Vale declarou à Securities and Exchange Comission (SEC) – órgão responsável por regular o mercado de ações nos EUA – estar totalmente comprometida em garantir um ambiente de trabalho seguro, além de minimizar o impacto ao meio ambiente após o acidente de Mariana.

A ação declara que essas afirmações são falsas, uma vez que a Vale falhou em avaliar novos riscos e potencial danos das barreiras em Brumadinho.

De acordo com o processo, ao apresentar falsas informações, a Vale causou sérios prejuízos aos investidores, já que as ações foram afetadas quando a real situação da empresa veio à tona.

Até o momento, foram contabilizados pelo menos 60 mortos e 300 desaparecidos na tragédia. A maioria dos desaparecidos são funcionários da Vale. A mineradora já perdeu R$ 72,7 bilhões em valor de mercado, uma queda recorde na história da empresa.

Fontes:
O Globo-Tragédia em Brumadinho: Vale se torna alvo de ação coletiva em Nova York

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *