Início » Brasil » Verde e amarelo ou preto?
SETE DE SETEMBRO

Verde e amarelo ou preto?

Bolsonaro pede uso das cores verde e amarelo no 7 de Setembro, críticos prometem usar a cor preta. Caso traz à memória o fracassado apelo de Collor em 1992

Verde e amarelo ou preto?
Bolsonaro diz que apelo não é por seu governo, mas pela Amazônia (Foto: Montagem/EBC)

O fantasma do traumático governo Collor promete assombrar o Brasil no dia 7 de setembro, durante as celebrações do Dia da Independência.

Isso porque, na última terça-feira, 3, o presidente Jair Bolsonaro conclamou a população a sair às ruas trajando as cores verde e amarelo para expressar apoio à soberania do Brasil na Amazônia.

O presidente disse lembrar que um apelo parecido – sem êxito – foi feito pelo ex-presidente Fernando Collor, em 1992, quando estava às voltas com um processo de impeachment. Na ocasião, a população saiu às ruas trajando a cor preta, em sinal de luto, o que acabou por acelerar o processo de impeachment do então presidente. Porém, Bolsonaro afirmou que desta vez será diferente.

“A gente apela para quem está nos ouvindo, para quem está em Brasília, quem, porventura, estiver no Rio de Janeiro, em São Paulo, que compareça de verde e amarelo. Eu lembro que lá atrás um presidente falou isso e se deu mal. Mas não é o nosso caso. Nosso caso é o Brasil. Não é para me defender ou quem quer que seja. É para mostrar ao mundo que aqui é o Brasil. Que a Amazônia é nossa”, disse o presidente.

A declaração foi dada em discurso no Palácio do Planalto, durante a cerimônia de lançamento “Semana do Brasil” – uma campanha do governo para incentivar o consumo entre os dias 6 e 15 de setembro, na qual serão oferecidos descontos no varejo. A proposta visa criar uma “Black Friday verde-amarela”.

Porém, o apelo do presidente corre o risco de repetir o fracasso de Collor. Isso porque opositores, estudantes afetados pelos cortes na verba da educação e pessoas insatisfeitas com a política ambiental do governo vêm convocando o uso da cor preta no dia 7 de setembro, também em sinal de luto.

Nesta quarta-feira, 4, a hashtag #Dia7EuVouDePreto se tornou um dos assuntos mais comentados no Twitter. Muitos internautas lembraram o ocorrido no governo Collor e apontaram o retorno dos Caras Pintadas, movimento liderado por estudantes que pressionou pelo impeachment. Outros, em menor quantidade, pedem o uso da cor vermelha em apoio ao ex-presidente Lula.

Seja qual for, a cor predominante nas ruas no próximo dia 7 servirá para medir a popularidade do governo Bolsonaro.

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

2 Opiniões

  1. Rogerio Faria disse:

    Preto, e bem fosco…

  2. Adriano Martins disse:

    Vou sair de preto com certeza!
    Bora lá?

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *