Início » Vida » Ciência » Vida microbiana pode ter existido sob a superfície de Marte
ESTUDO

Vida microbiana pode ter existido sob a superfície de Marte

Pesquisa aponta que, há 4 bilhões de anos, a decomposição de moléculas de água nas rochas de Marte pode ter contribuído para a existência de vida sob a superfície do planeta

Vida microbiana pode ter existido sob a superfície de Marte
Descoberta pode ser aproveitada pela nova missão da Nasa a Marte, em 2020 (Foto: PixaBay)

Prezados leitores, o Opinião e Notícia encerrará suas atividades em 31/12/2019.
Agradecemos a todos pela audiência durante os quinze anos de atuação do site.

Segundo uma nova pesquisa de astrônomos da Universidade Brown, nos EUA, há 4 bilhões de anos a decomposição das moléculas de água nas rochas de Marte produziu energia química suficiente para o desenvolvimento de vida microbiana sob a superfície do planeta.

“Mostramos, com base em cálculos de física e química, que a presença de hidrogênio dissolvido no antigo subsolo do planeta teria alimentado uma biosfera subsuperficial”, disse o astrônomo Jesse Tarnas, o principal autor do estudo, publicado na revista científica Earth and Planetary Science Letters.

“As condições nessa região habitável teriam sido semelhantes aos lugares da Terra onde existe vida sob a superfície do solo”, acrescentou Tarnas.

Os astrônomos observaram que se trata de ecossistemas microbianos lipotrófilos subsuperficiais. Esses microrganismos usam a energia armazenada nas ligações químicas de compostos inorgânicos, para produzir carboidratos a partir do dióxido de carbono.

Os pesquisadores esperam que as descobertas possam ser aproveitadas na próxima missão da Nasa a Marte, em 2020. A missão contará com uma versão aperfeiçoada da sonda Curiosity, lançada ao planeta em 2012. A sonda estudará o terreno do planeta vermelho, acima e abaixo da superfície, e irá coletar amostras do solo e de rochas, com o objetivo de procurar sinais de vida microbiana antiga em áreas do planeta.

Fontes:
Independent-Alien life could have lived under the surface of Mars, study finds

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não refletem a opinião deste site

Sua Opinião

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *